Estamos de cara nova! E continuamos com o conteúdo de qualidade.
Nova Exame

Goldman Sachs decreta "fim" dos BRICS

Aos olhos do banco de investimento americano, a era dos BRICS está chegando ao fim

São Paulo - Já se vão quase quatorze anos desde que o antigo economista chefe do Goldman Sachs Jim O'Neill cunhou o acrônimo que se tornou sinônimo de países de alto crescimento: Brasil, Rússia, Índia e China (e que depois incluiria também a África do Sul).

Aos olhos do banco de investimento americano, a era dos BRICS está chegando ao fim. O Goldman Sachs resolveu fechar um fundo criado há nove anos que investia em ativos do grupo de países. O motivo? Acúmulo de prejuízos consecutivos.

Segundo a Bloomberg, o fundo geria mais de US$ 1 bilhão, que agora serão aplicados de forma mais abrangente em "mercados emergentes em geral".

A decisão, tomada no mês passado, foi explicada ao regulador do mercado norte-americano, a Securities and Exchange Commission (SEC).

Os ativos do fundo caíram 88% em relação ao pico de 2010, destaca o Quartz. No final do mês passado, o fundo só tinha US$ 98 milhões sob gestão, cerca de um oitavo comparado ao que geria há cinco anos.

“A promessa de um crescimento rápido e sustentável dos BRICS foi muito questionada nos últimos cinco anos”, disse à Bloomberg Jorge Mariscal, responsável pelos investimentos do UBS Wealth Management. Os BRICS “foram um conceito popular. Mas nada é eterno”.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também