Fipe reduz projeção para IPC de julho para 0,21%

Conforme levantamento divulgado hoje pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, o IPC registrou taxa de 0,19% na terceira quadrissemana de julho

São Paulo - O coordenador do Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), Rafael Costa Lima, voltou a reduzir nesta quarta-feira a projeção para a inflação de julho na cidade de São Paulo. Em entrevista à Agência Estado, na sede da entidade, ele disse que passou a trabalhar com um IPC de 0,21% para o mês por causa do momento atual de inflação mais baixa, que é esperada na capital paulista. Na semana passada, ele já havia reduzido a expectativa, de 0,27% para 0,24%.

"No geral, o panorama é muito próximo do verificado na semana anterior", disse Costa Lima. "Mas esperávamos uma aceleração maior da inflação, que não veio", comentou.

Conforme levantamento divulgado hoje pela Fipe, o IPC registrou taxa de 0,19% na terceira quadrissemana de julho. O resultado foi ligeiramente menor que o de 0,20% da segunda medição do mês e ficou abaixo da previsão da Fipe, de 0,23%. Também foi menor do que o aguardado pelos economistas do mercado financeiro, já que o levantamento do AE Projeções havia captado estimativas de taxa de 0,21% a 0,30%.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.