Espanha admite estar em "momento delicado"

O Banco da Espanha anunciou na segunda-feira que o PIB espanhol agravou o retrocesso no primeiro trimestre

Madri - O ministro espanhol da Fazenda, Cristóbal Montoro, admitiu nesta terça-feira, ao defender no Congresso os orçamentos do Estado para 2012, que o país está em um "momento enormemente delicado".

"Estamos em um momento enormemente delicado como país, em um momento enormemente frágil como país", afirmou Montoro no Congresso, que examina o rigoroso orçamento que pretende devolver "a confiança de nossos sócios europeus na Espanha, a confiança dos mercados na Espanha".

"São os orçamentos mais austeros da democracia. Além disso, pretendem ser os orçamentos mais realistas que a Espanha necessita para superar esta situação de crise", afirmou Montoro, antes de acrescentar que são "adequados para uma recessão econômica, que começa no fim de 2011".

O Banco da Espanha anunciou na segunda-feira que o PIB espanhol agravou o retrocesso no primeiro trimestre, com uma queda de 0,4% na comparação com o último trimestre de 2011, no qual havia registrado contração de 0,3%.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também