Confiança do empresário do comércio cai 2,3% em janeiro

O índice que mede as expectativas dos comerciantes registrou recuo em janeiro (-3,3%), influenciado pela queda das expectativas em relação à economia brasileira (-3,5%)

Rio de Janeiro – A confiança do comerciante sobre o crescimento da economia brasileira caiu em janeiro. O Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec), divulgado hoje (1º) pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), registrou queda de 2,3% no mês passado em relação a dezembro, alcançando 127,6 pontos.

O índice que avalia as condições atuais foi o único dentre os três que compõem o Icec a apresentar elevação em janeiro (1,2%). O resultado, segundo a pesquisa, foi influenciado pela alta de 2,2% na percepção das condições atuais da economia, bem como a do próprio setor varejista, com alta de 1,3%.

O índice que mede as expectativas dos comerciantes registrou recuo em janeiro (-3,3%), influenciado pela queda das expectativas em relação ao setor varejista (-3,3%), em relação à economia brasileira (-3,5%) e à própria empresa (-3%).

Apesar do recuo, o estudo aponta que as expectativas para 2012 continuam otimistas, com 154 pontos, bem como em relação ao desempenho da própria empresa (160,8 pontos), ao setor varejista (152,8 pontos) e ao da economia brasileira (148,5 pontos).

O último índice do Icec, que mede os investimentos do empresário do comércio, também recuou em janeiro (-4,5%). A expectativa de contratação recuou 10,8% e o nível de investimento da empresa também caiu 1,6%, com 121 pontos, acima dos 100 pontos, considerado nível satisfatório de investimento.

A pesquisa ouviu cerca de 6 mil empresas localizadas em todas as capitais do país e as pontuações variam de 0 a 200.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.