Conab eleva previsão de colheita de café

A projeção da Conab, quarta divulgada no ano, é considerada recorde para uma época de baixa bienalidade

Brasília – A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) elevou de 47,54 milhões para 49,15 milhões de sacas a estimativa de colheita de café para este ano.

As informações foram divulgadas hoje (20). O número é 3,3% inferior ao registrado na safra passada, quando foram colhidas 50,83 milhões de sacas.

No entanto, o período anterior (2012) era de alta bienalidade (alternância anual entre grandes e pequenas produções). A projeção da Conab, quarta divulgada no ano, é considerada recorde para uma época de baixa bienalidade.

De acordo com nota divulgada pela companhia, o regime irregular de chuvas e as altas temperaturas na maioria dos estados produtores tiveram impacto na produção deste ano.

A Conab cita ainda as geadas no Paraná. A nota destaca ainda que tem havido redução na diferença de colheitas entre a alta e a baixa bienalidades, em função da mecanização e consequente aumento da produtividade.

Quanto à área plantada no país, a cultura do café totaliza 2,31 milhões de hectares, 0,76% menos do que na safra passada. A maior parte, 1,23 milhão de hectares, ou 53%, concentra-se em Minas Gerais. A espécie predominante é a arábica, com 98,7% no estado.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.