Carga de energia encolhe 1,3% em abril, diz ONS

A carga de energia do Sistema Interligado Nacional atingiu 63.894 MW médios em abril

São Paulo - A carga de energia do Sistema Interligado Nacional (SIN) atingiu 63.894 MW médios em abril, volume 1,3% inferior ao registrado no mesmo período do ano passado, informou nesta quarta-feira, 06, o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS).

O resultado foi puxado principalmente pela queda de 3,1% da carga na região Sudeste/Centro-Oeste, responsável por 58,7% do volume do País.

As regiões Sul (-0,9%) e Norte (-1,9%) também apresentaram variação negativa do indicador, que representa a soma da demanda e das perdas de energia no sistema. A carga na região Nordeste cresceu 5,5%.

O ONS atribui a variação negativa ao "baixo desempenho da indústria" e à redução no nível de atividade do setor de comércio e serviços. Além disso, o fator calendário também afetou a comparação entre meses de abril, em função do menor número de dias úteis em 2015.

Excluído o efeito calendário, a carga teria encolhido 1% na comparação entre meses de abril. O resultado ajustado indica uma queda de 2,8% na região Sudeste/Centro-Oeste, acompanhado por retrações de 0,3% e 1,8% nas regiões Sul e Norte, respectivamente.

Na região Nordeste, a carga cresceu 6%.

No acumulado dos últimos 12 meses, a carga do sistema nacional continua a crescer: +1,3%. Nessa base comparativa, até mesmo a região Sudeste/Centro-Oeste apresenta desempenho positivo, com alta de 0,1%.

Na semana passada, contudo, o ONS revisou a previsão de carga no Brasil em 2015 de uma alta de 3,3% para uma retração de 0,1%. O crescimento médio da carga no quinquênio 2015-2019 deve ficar em 3,3%, e não mais em 3,9% como previsto em janeiro passado.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também