Bolsonaro convida governadores para reunião sobre ajuda a estados

Governadores têm cobrado que presidente sancione projeto de auxílio a governos estaduais e municipais

O presidente Jair Bolsonaro convidou todos os governadores para participar de uma reunião na quinta-feira por videoconferência em que vai ser discutida ajuda aos Estados e uma pauta econômica, confirmou à Reuters a assessoria de imprensa do governador do Piauí, Wellington Dias (PT).

Welligton Dias foi convidado a participar do encontro após receber uma ligação do Palácio do Planalto na tarde desta segunda-feira, informou a assessoria.

Em sua conta no Twitter, a governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, confirmou o convite e a presença na reunião, marcada para as 10h.

"É urgente a sanção do presidente ao Auxílio Emergencial aos Estados, já aprovado há mais de 8 dias, e que vai possibilitar ao RN ter acesso a R$ 442 milhões em quatro parcelas, minimizando o forte impacto da queda das receitas, de maneira que os Estados possam honrar as obrigações básicas frente à população", disse a governadora.

Além do Nordeste, governadores de outras regiões também receberam o convite para participar de uma reunião por videoconferência com o presidente Jair Bolsonaro na quinta-feira 21.

Os governadores de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), e do Paraná, Ratinho Júnior (PSD), também confirmaram terem sido chamados.

Procurada, a Secretaria de Imprensa da Presidência disse que ainda não há informação sobre o convite e que a agenda do presidente de quinta-feira ainda está sendo fechada.

A iniciativa do presidente ocorre após fazer duras críticas nas últimas semanas a alguns chefes de Executivo estadual e municipal que ele considera terem tomado medidas rigorosas de isolamento social para conter o avanço do novo coronavírus no país.

Bolsonaro tem dito que a paralisação das atividades econômicas pode ter um efeito mais maléfico para o Brasil do que os efeitos do Covid-19.

Nesta segunda-feira, com 13.140 novos casos, o Brasil se tornou o terceiro país com o maior número de infectados, um total de 254 mil casos. O país tem 16.792 mortes, com novos 674 óbitos nas últimas 24 horas.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também