Balança fecha semestre com superávit de US$ 7 bilhões

No mês de junho, houve superávit de US$ 807 milhões

Brasília – A balança comercial, formada por exportações e importações, registrou superávit de US$ 7,07 bilhões no primeiro semestre deste ano. O resultado superávitário é a diferença entre o total de US$ 117,215 bilhões em exportações e de US$ 110,142 bilhões em importações. Os dados foram divulgados hoje (2) pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

No mês de junho, houve superávit de US$ 807 milhões. As exportações somaram US$ 19,354 bilhões, com queda de 14,2% na comparação com junho do ano passado. Foram gastos com importações US$ 18,547 bilhões, com média diária recorde para o mês e aumento de 1,1% ante o mesmo período do ano passado.

Mesmo com o resultado superavitário, houve retração em junho ante o mesmo período do ano passado, nas três categorias de produtos exportados: semimanufaturados (-22,37%), manufaturados (-17,2%) e básicos (-10,2%).

Nos gastos, houve queda nas importações de bens de capital (-0.5%), bens de consumo (-7,1%), além de matérias-primas e intermediários (-3,1%). Em contrapartida, houve aumento nas compras internacionais de combustíveis e lubrificantes (+22,8%).

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.