Arábia Saudita e Venezuela debatem preços do petróleo

Os preços do petróleo acumulam queda de 55% desde junho de 2014, chegando a um patamar de menos de US$ 50 o barril

Riade - O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, se encontrou com o príncipe herdeiro saudita, Salman bin Abdul-Aziz, um dia depois de ter se reunido com a maior autoridade do regime iraniano, o aiatolá Ali Khamenei. O tema de ambas as conversas foi a queda nos preços do petróleo.

A agência oficial da Arábia Saudita reportou neste domingo que Maduro e o príncipe herdeiro discutiram áreas de cooperação e formas de promover laços bilaterais. O ministro do Petróleo Ali Naimi e o ministro venezuelano Asdrubal Chavez também participaram do encontro.

Os preços do petróleo acumulam queda de 55% desde junho de 2014, chegando a um patamar de menos de US$ 50 o barril, o que vem pressionando fortemente a Venezuela. A Arábia Saudita, maior produtor de petróleo da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), se recusou a cortar a produção apesar da vontade de outros países como a Venezuela em fazê-lo.

A Arábia Saudita tem fortes reservas financeiras para sobreviver o período de baixo preço do petróleo, mas a Venezuela está entre os países mais vulneráveis da Opep. Fonte: Associated Press.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.