Alemanha quer posicionamento do FMI para definir ajuda à Grécia

Berlim - O ministro das Finanças da Alemanha, Wolfgang Schäuble, afirmou em entrevista ao jornal econômico "Handelsblatt" que o país quer oferecer ajuda à Grécia, mas insiste que, para ativar o plano de auxílio europeu, é necessário esperar o projeto de ajuste do FMI.

"Se o pacote do FMI for convincente, e eu não espero outra coisa, podemos adotar na segunda-feira uma resolução no Conselho de Ministros", diz Schäuble. Com isso, teria início o processo para aprovação parlamentar.

Schäuble rejeita, além disso, a impressão de que a Alemanha está freando a ativação do plano de ajuda à Grécia.

"O Governo alemão não está pisando o freio. Queremos decisões rápidas. Mas nossa meta é um plano de saneamento sustentável para que Grécia possa voltar a se sustentar nos mercados a médio e longo prazo", assinala o ministro.

Leia mais sobre FMI, Grécia ou Alemanha

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.