OMS: quadro mais provável é covid-19 assumir "condição endêmica"

Segundo ela, pode haver ainda "algum surto", mas não a repetição de um grande pico de mortes
Os imunizantes atuais garantem 85% ou mais de eficácia contra todas as variantes até agora registradas (fotograzia/Getty Images)
Os imunizantes atuais garantem 85% ou mais de eficácia contra todas as variantes até agora registradas (fotograzia/Getty Images)
E
Estadão Conteúdo

Publicado em 05/07/2022 às 15:15.

Última atualização em 05/07/2022 às 15:32.

Cientista-chefe da Organização Mundial de Saúde (OMS), Soumya Swaminathan afirmou hoje que o cenário mais provável é que a covid-19 assuma uma "condição endêmica".

Segundo ela, pode haver ainda "algum surto", mas não a repetição de um grande pico de mortes como visto anteriormente na pandemia. De qualquer modo, ela reforçou o conselho da entidade pela vacinação, a fim de se evitar casos graves, e também de outras medidas, como o uso de máscara, para conter a disseminação do vírus.

A autoridade da OMS falou durante sessão de perguntas e respostas sobre a covid-19. Ela lembrou que, apesar das novas variantes, não há até agora relato de que o vírus consiga escapar da imunidade conferida pelas vacinas já existentes. Segundo Swaminathan, os imunizantes atuais garantem 85% ou mais de eficácia contra todas as variantes até agora registradas.

Veja também: 

Mais de 5 mil casos de varíola dos macacos são confirmados no mundo, anuncia OMS

Brasil tem média de 214 mortes causadas pela covid-19 por dia