"Obras de arte" do metrô de Estocolmo viram fotografias

Espalhadas por 90 das 110 estações de metrô, obras foram registradas pelo fotógrafo russo Alexander Dragunov

São Paulo - O metrô de Estocolmo, na Suécia, é descrito como uma das maiores exposições de arte do mundo por muitos artistas. O motivo é fácil de ser explicado: mais de 90 das suas 110 estações mostram obras de cerca de 150 artistas. Foi para mostrar essas obras ao mundo que o fotógrafo russo Alexander Dragunov, que vive em Estocolmo, decidiu registrar essas obras espalhadas nos mais de 105 quilômetros de extensão do metrô.

As fotos foram processadas com a ajuda de um programa de computador que destacou o detalhe das estruturas. "Basicamente, eu faço a imagem em preto e branco, e então trago uma ou duas das cores de volta, as que acredito serem os principais tons para a estação", disse Dragunov, em uma entrevista para a BBC.

Acompanhe uma parte desse trabalho nas fotos ao lado, retiradas do site do fotógrafo

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.