O homem que perdeu 48 kg em um ano e venceu meia maratona

Lonnie St. John perdeu cerca de um terço de seu peso corporal, primeiros 15 quilos foram perdidos apenas com mudança de alimentação

São Paulo - Lonnie St. John perdeu cerca de um terço do seu peso corporal e em seguida ganhou a Meia Maratona de Vancouver em sua faixa etária, em 2013. Tudo começou em janeiro de 2012. Veja como ele conseguiu na entrevista abaixo.

Nome: Lonnie St. John

Idade: 43

Profissão: Atendimento ao cliente em clínicas médicas

Cidade natal: Troutdale, Oregon

Família: casado com Roni, com quem tem quatro filhos: Sam, 23; Nick, 21, Ana, 18, e Christian, 16

O que levou você a começar a correr? 

Eu estive acima do peso praticamente toda a minha vida. Mas 2012 começou como qualquer outro ano. Fiz o habitual. Perder peso era minha resolução e meta para o período. Uma coisa engraçada aconteceu. Eu não parei em um certo ponto como tinha feito no passado. Continuei firme em meu objetivo.

Como você começou? 

Os primeiros 15 quilos consegui perder apenas mudando o que comia. Usei a máquina elíptica (cross training) nos primeiros meses para me exercitar. Em março comecei a me aventurar sobre as esteiras na academia e ver o que eu poderia fazer. Não era muito. Mas continuei gradualmente correndo até ser capaz de correr 1,6 km. Depois foi só uma questão de correr todos os dias e ir aumentando o esforço.

Descreva a sua rotina de exercícios regulares.

Eu corro terça, quinta, sexta e domingo. Faço treino de velocidade na quinta-feira e meus longos são no domingo. Tenho encontros com meu personal trainer nas segundas e quartas à noite com o objetivo de melhorar a flexibilidade, força e condicionamento físico de uma forma geral. Sábado é meu dia de folga. Estou treinando para a Maratona de Portland, e por isso, minhas corridas "fáceis" de terça e sexta têm a quilometragem sempre superior a dois dígitos. Estou tentando me concentrar para manter o meu ritmo atual, aumentando a resistência. Preciso manter esse ritmo pelo dobro da distância, porque fique satisfeito com minha meia maratona.

Qual foi o maior obstáculo para conseguir seus objetivos?

O tempo é o maior obstáculo para todos. Todos nós temos o tempo regrado, mas precisamos fazer da corrida uma prioridade. Uma vez que comecei a participar das corridas, meus treinamentos começaram a se tornar uma prioridade para mim. Em muitas manhãs acordei às 4h30 sem vontade de ir à academia. Mas fui mesmo assim.


Qual é a parte mais gratificante da corrida em sua vida?

Sem dúvida são as pessoas que conheci através da corrida. A comunidade de corrida é coesa e formidável. Eu posso dizer honestamente que não teria conquistado meus objetivos em um prazo tão curto se não fosse as pessoas que conheci na corrida no ano passado.

Você tem uma meta de perda de peso?

Em 1º de janeiro de 2012 eu pesava 134 quilos. Em outros períodos de minha vida eu estava mais gordo. Em 365 dias reduzi meu peso para 89 quilos. Agora estou oscilando entre 84 e 86 quilos. Definitivamente atingi um peso confortável e sei que posso mantê-lo.

Quais tipos de mudanças você fez em relação à alimentação?

No primeiro ano controlei a alimentação e diminui a ingestão de calorias. Me concentrei em consumir proteínas magras e muitos vegetais. Cortei as sobremesas completamente. Só algumas vezes eu comi pizza ou hambúrgueres. Essa era a minha maior queda. Agora que eu perdi peso e sigo um regime de treinamento muito agressivo, sou capaz de ser um pouco mais liberal com minha dieta. Escolhas alimentares pobres ainda impactam negativamente no meu desempenho nas corridas.

Qual conselho você daria para um iniciante?

Pare de ter medo! Não vai ser fácil mas vale a pena. Apenas se comprometa a tomar boas decisões em relação à dieta e ao exercício, todos os dias. Se você tropeçar e cair, levante mais uma vez. E isso não vai acontecer de um dia para o outro. Você não ficou pesado em uma semana. Então, não espere perder tudo em uma semana.

Qual é a sua meta a longo prazo?

O principal objetivo para mim agora é me qualificar para a Maratona de Boston, em 2014. Para isso vou correr a maratona de Portland, em 6/10. Eu inventei a hashtag # C2BQ como um jogo. Estou tentando sair do sofá para Boston em menos de dois anos. Depois de Portland vou estudar novas metas mas quero fazer o Desafio do Dunga, na Disney, em 2015 (provas de 10, 21 km e 42 km em um final de semana).

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.