Homens da geração X passam mais tempo na cozinha

Em média, americanos nascidos entre 1961 e 1981 preparam oito refeições por semana

São Paulo – As mulheres conquistaram mais espaço no mercado de trabalho e os homens, na cozinha. Pelo menos é o que indica pesquisa recente da Universidade do Michigan.

De acordo com o estudo, os americanos nascidos entre as décadas de 60 e início de 80 se interessam por gastronomia tanto quanto as mulheres. E o melhor: eles estão cozinhando mais do que os homens da geração anterior.

Em média, os homens da geração X preparam cerca de oito refeições por semana. Mas isso não foi suficiente para uma inversão de papeis na cozinha. As mulheres continuam cozinhando mais do que eles. Segundo o estudo, as mulheres casadas preparam doze refeições por semana e as solteiras, dez.

De uma maneira geral, segundo o estudo, os americanos estão mais interessados por gastronomia. Em média, os participantes da pesquisa afirmaram compartilhar receitas com amigos via e-mail, pelo menos, uma vez por mês.

Além disso, tanto homens quanto mulheres afirmaram que têm o hábito de assistir programas de culinária quatro vezes por mês.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.