Exame logo 55 anos
Remy Sharp
Acompanhe:

Não é novidade que o café faz parte do dia a dia dos brasileiros. Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Café (ABIC), a bebida está presente em 98% dos lares. E a dúvida sobre adoçá-lo ou não é recorrente de norte a sul do país. Afinal, é melhor beber café com açúcar ou sem?

Café com açúcar é o preferido de alguns, mas é o puro que traz benefícios para a saúde.

Embora a decisão seja individual, e é preciso sempre respeitar as escolhas de cada um, consumi-lo ao natural proporciona inúmeras vantagens para a saúde. Isso acontece porque o café com açúcar pode anular propriedades importantes do alimento. Um exemplo disso é que o café puro, sem açúcar, ajuda a prevenir a diabetes, condição que atinge 9% dos brasileiros adultos. Já com açúcar isso não acontece. Afinal, a presença de antioxidantes que regulam os níveis de glicose no sangue é afetada pela a presença do açúcar, pois desregula a glicemia do organismo e estimula o corpo a querer mais dessa substância.

Para aqueles que desejam emagrecer, consumir o café puro também é uma decisão vantajosa, pois ele fica pouco calórico. Como solução, existem outras maneiras de adoçá-lo de forma mais saudável. Entre elas, o mel, o açúcar demerara, o de coco e o mascavo.

Como acostumar o paladar ao café puro?

Para quem possui o hábito de tomar café com açúcar, adaptar o paladar à bebida pura pode ser um desafio. Entretanto, não é uma missão impossível. O segredo é apostar na mudança gradual. Para isso, é necessário ter paciência e acostumar as papilas gustativas aos poucos. Comece com pequenas quantidades.

Outra dica prática é investir na substituição do café com açúcar por especiarias ou complementos. A canela, o cacau em pó, o cardamomo e o anis são boas opções.

Consumir o café puro é a melhor forma de apreciar o sabor da bebida

Uma pesquisa realizada pela a ABIC, em parceria com o São Paulo Coffee Hub, mostra que 34% do público geral prefere café sem açúcar. Esse percentual sobe para 49% entre os entusiastas, que são os consumidores que entendem um pouco mais da bebida, compram produtos diferenciados etc. Entre os especialistas, considerados consumidores que dominam o tema, já fizeram cursos etc, salta para 81%. A ABIC recomenda que o consumo de café seja feito sem açúcar, pois, assim, a bebida se torna mais prazerosa, sendo possível perceber melhor a dimensão de sabores que ela proporciona.

A ABIC sugere que o consumidor experimente o café sem sem açúcar, especialmente, quando for provar marcas novas ou categorias diferentes. Assim, poderá sentir os sabores da bebida e, em seguida, decidir se deseja adoçar a bebida.

Créditos

Últimas Notícias

ver mais
Concurso elege os 13 melhores espumantes brasileiros; veja lista
Casual

Concurso elege os 13 melhores espumantes brasileiros; veja lista

Há 22 horas
Streaming: 4 lançamentos imperdíveis no HBO Max em outubro
Casual

Streaming: 4 lançamentos imperdíveis no HBO Max em outubro

Há um dia
Inhotim se transforma na capital da gastronomia brasileira com Festival Fartura
Casual

Inhotim se transforma na capital da gastronomia brasileira com Festival Fartura

Há um dia
Como a 481, do empresário Marcelo Shimbo, se tornou a Rolex das carnes
Casual

Como a 481, do empresário Marcelo Shimbo, se tornou a Rolex das carnes

Há um dia
icon

Branded contents

ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

leia mais