Casual

Aos 75 anos, Asics faz sucesso com público e investidores

A Asics também é conhecida por ser uma "marca de tênis para pais", valorizando mais o conforto do que a beleza

O modelo Gel-Kayano, redesenhado, pode ser vendido por mais de US$ 1.000 (Alê Virgilio e Rafa Cusato/Divulgação)

O modelo Gel-Kayano, redesenhado, pode ser vendido por mais de US$ 1.000 (Alê Virgilio e Rafa Cusato/Divulgação)

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 3 de junho de 2024 às 09h50.

Aos 75 anos, a marca japonesa de tênis Asics está passando por um bom momento.

O preço de suas ações quadruplicou em termos de retorno total nos últimos dois anos. O seu desempenho financeiro é forte: a receita no último trimestre cresceu 14% em relação ao ano anterior, enquanto o lucro operacional aumentou 53%, de acordo com o The Wall Street Journal.

A Asics é há muito tempo uma marca muito apreciada pela comunidade de corrida. Cerca de um quarto dos 54 mil corredores que terminaram a Maratona de Paris usavam um par de Asics, incluindo os vencedores nas corridas masculina e feminina.

Na verdade, até mesmo a Nike pode ter suas raízes na empresa japonesa. A Nike iniciou seus negócios na década de 1960 importando e distribuindo calçados da Asics, então conhecida como Onitsuka, nos EUA. A Onitsuka Tiger continua sendo uma marca de moda sofisticada dentro da Asics.

Nos últimos anos, a empresa se beneficiou de mudanças no comportamento das pessoas durante a pandemia.

Mais pessoas começaram a correr como hobby quando não tinham mais nada para fazer. Ao mesmo tempo, as pessoas que trabalhavam em casa começaram a dar prioridade ao conforto dos seus calçados – descobrindo que tênis leves com sola acolchoada projetados para correr também são bastante confortáveis ​​para caminhar.

A Asics também é conhecida por ser uma "marca de tênis para pais", em razão do do calçado ser projeto mais para ser confortável do que para ser bonito.

Mesmo assim, a empresa fez parcerias que lhe renderam boas vendas.

Segundo o WSJ, sua colaboração com designers de Vivienne Westwood a Cecilie Bahnsen gerou muito buzz nas redes sociais. O redesenho do tênis Gel-Kayano 14 de 2008 com o estúdio de design canadense JJJJound foi um sucesso estrondoso. O calçado pode ser vendido por mais de US$ 1.000 no mercado online StockX. A Asics, aliás, foi a quinta marca mais negociada na StockX no ano passado, subindo da décima posição no ano anterior. A receita da divisão SportStyle da empresa, mais direcionada para a moda, cresceu 52% ano após ano no último trimestre relatado.

Para alegria dos investidores, a empresa tem sido mais lucrativa. A margem operacional no trimestre encerrado em março foi de 19,4%, ante 9,5% dois anos antes. Em parte, isso acontece porque a empresa mudou seu mix de produtos para produtos mais premium. Também tem vendido mais diretamente aos clientes do que através de atacadistas. Cerca de 64% de suas vendas foram por atacado no primeiro trimestre, abaixo dos 74% de três anos antes. Já as vendas do comércio eletrônico aumentaram de 13% para 17% das vendas.

Acompanhe tudo sobre:AsicsTênis (calçado)

Mais de Casual

Conheça o laboratório subterrâneo de Paris que revela os segredos das obras de arte

Disney planeja grandes investimentos para parques temáticos

São Paulo Coffee Festival: 3ª edição terá 130 marcas, aulas, degustações de café

O que aconteceu com a Abercrombie & Fitch, marca que era sucesso entre jovens em 2010?

Mais na Exame