Casual
Acompanhe:

Alec Baldwin: 'Sem palavras para descrever meu choque e tristeza'

Ator disparou tiro que atingiu a diretora de fotografia Halyna Hutchins durante filmagem de 'Rust'

 (Mike Blake/Reuters)

(Mike Blake/Reuters)

A
Agência O Globo

22 de outubro de 2021, 14h18

O ator Alec Baldwin se posicionou, pela primeira vez, sobre morte da diretora de fotografia Halyna Hutchins, de 42 anos, atingida por um tiro disparado por ele, durante a filmagem de uma cena do filme "Rust". Além dela, o diretor do filme, Joel Souza, de 48, também ficou ferido. Ele já teve alta.

Alec diz, numa das postagens, que não tem "palavras para descrever seu choque e sua tristeza com o acidente trágico que tirou a vida de Halyna Hutchins". Ele segue afirmando que a diretora era "esposa, mãe e muito admirada pelos colegas". E frisa estar cooperando com a apuração do caso: "Estou cooperando totalmente com a investigação da polícia para descobrir como essa tragédia aconteceu".

Numa segunda postagem, o ator destaca que está em contato com o marido de Halyna "oferecendo suporte para ele e sua família". Ele conclui afirmando estar de "coração partido pelo marido, filho e todos que conheciam e amavam Halyna".

Segundo Juan Rios, porta-voz do gabinete do xerife no Condado de Santa Fé, no Novo México, local das gravações, as circunstâncias do tiroteio estão sendo investigadas. O acidente ocorreu na tarde desta quinta-feira (21). Após o depoimentos, o ator foi visto chorando na entrada da delegacia.

Rios afirmou que o tiroteio no Rancho Bonanza Creek aconteceu no meio de uma cena que estava sendo ensaiada ou filmada. A polícia entrevistou as pessoas presentes no set para entender o que de fato ocorreu. “Estamos tentando determinar, agora, como e que tipo de projétil foi usado na arma de fogo”, disse ele, acrescentando que as autoridades não haviam entrado com nenhuma acusação contra ninguém da equipe de produção.

Hutchins chegou a ser levada de avião para o Hospital da Universidade do Novo México, em Albuquerque, mas não resistiu aos ferimentos. Souza foi encaminhado ao Centro Médico Regional Christus St. Vicent, em Santa Fé.

Em nota divulgada nesta quinta, a produtora do filme, Rust Movie Productions LLC, afirmou que "Todo elenco está devastado pela tragédia de hoje, e nós enviamos nossas condolências mais profundas condolências à família e os entes queridos de Halyna". "Interrompemos a produção do filme por tempo indeterminado e estamos cooperando totalmente com a investigação do Departamento de Polícia de Santa Fé. Estamos providenciando aconselhamento psicológico a todos os envolvidos na produção do filme enquanto nos esforçamos para enfrentar esse terrível acontecimento", continuou a nota.