Segundas-feiras e corres-corres: 4 regras simples para não errar o plural

Professor de português explica quatro casos diferentes para ficar atento na hora de escrever um termo composto no plural

Há muito, não trato aqui de um tema meramente normativo, de nossa Língua Portuguesa: plural de termos compostos. Vamos lá!

Se os termos que compõem um substantivo composto forem, isoladamente, substantivos, adjetivos ou numerais, todos eles vão para o plural:

couve-flor; couves-flores
guarda-noturno; guardas-noturnos
amor-perfeito; amores-perfeitos
primeiro-ministro; primeiros-ministros
obra-prima; obras-primas
segunda-feira; segundas-feiras

Em outro caso, se os substantivos compostos tiverem como elementos de sua composição um verbo, um advérbio, esses termos deverão ficar no singular:

guarda-chuva; guarda-chuvas
guarda-roupa; guarda-roupas
sempre-viva; sempre-vivas
contra-ataque; contra-ataques

Se substantivo composto possuir duas palavras repetidas, somente a segunda irá para o plural. Entretanto, se forem dois verbos idênticos, os dois também poderão ser pluralizados:

corre-corre; corre-corres ou corres-corres
pisca-pisca; pisca-piscas ou piscas-piscas
quebra-quebra; quebra-quebras (o Volp, Aulete e Houaiss só aceitam esse plural)
tico-tico; tico-ticos (o Volp, Aulete e Houaiss só aceitam esse plural)

Caso à parte: não se pluraliza o substantivo composto formado por dois verbos de sentidos opostos. Exemplo: Marli e Dora são duas leva e traz.

Por fim, quando os dois elementos do substantivo composto forem ligados por uma preposição, somente o primeiro irá para o plural.

pé de moleque; pés de moleque
mula sem cabeça; mulas sem cabeça

Um grande abraço, até a próxima e inscreva-se no meu canal!

DIOGO ARRAIS
http://www.ARRAISCURSOS.com.br
YouTube: MesmaLíngua
Professor de Língua Portuguesa
Fundador do ARRAIS CURSOS

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.