Professor de português recomenda tomar cuidado com estes verbos

Confira a lição de português sobre os verbos defectivos. Não consegue? O professor explica

Por Diogo Arrais, professor de português (@diogoarrais)

Você sabia que existe o verbo prazer? Existe sim, mas é defectivo, ou seja, não possui a conjugação completa, havendo apenas a conjugação nas terceiras pessoas (singular e plural):

praz, prazem; prazia, praziam; prouve, prouveram; provera, prouveram; prazerá, prazerão; prazeria, prazeriam; praza, prazam; prouvesse, prouvessem; prouver, prouverem; praza, prazam; prazer, prazerem; prazendo, prazido.

Quer se preparar para o futuro do trabalho? Confira o MBA online em Gestão de Finanças e Controladoria com Enfoque em Transformação Digital

Do latim placere, a forma prazer pode ser verbo, com o sentido de "causar prazer ou satisfação; agradar; aprazer, comprazer.

"Praz ao senador zombar de todos nós, os brasileiros."

Sobre o verbo precaver

Qual é o presente do indicativo do verbo precaver? Precavenho ou precavejo? Precaver é defectivo, e os defectivos são aqueles para os quais faltam formas flexionais.

Sendo assim, a solução está no uso de uma expressão com significado semelhante. Que significa “precaver”? É acautelar com antecipação, prevenir, precatar. Se não há “precavenho” ou “precavejo”, a solução é usar “tomo cuidado” “previno” ou uma forma mais rara: “acautelo-me”.

No entanto, a defectividade (conforme defendem eminentes linguistas) depende do tempo, do uso, da aceitação. Em argumento mais simples: é possível que, a depender da aceitação, um termo, um verbo passe a não mais ser defectivo, faltoso, como é hoje a tendência para o verbo "adequar": adéquo, adéquas, adéqua, adequamos, adequais, adéquam.

Um grande abraço, até a próxima e inscreva-se no meu canal!

Quer mais dicas para escrever melhor e se destacar na carreira? Assine a EXAME e não perca uma novidade

DIOGO ARRAIS
http://www.ARRAISCURSOS.com.br
YouTube: MesmaLíngua
Professor de língua portuguesa
Fundador do ARRAIS CURSOS

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.