Estamos de cara nova! E continuamos com o conteúdo de qualidade.
Nova Exame

Ano-novo ou ano novo, qual é a forma correta?

Professor Diogo Arrais, do Damásio Educacional, explica a diferença entre ano-novo e ano novo e esclarece o uso do hífen segundo o Novo Acordo Ortográfico

A você, caro leitor de Exame, desejo-lhe feliz ano-novo e um feliz ano novo. Repetição ou obviedade aparentes, mas o hífen (sinalzinho dos diabos!) possui importante função à nossa Língua.

Entre “nome e nome” ou “verbo e nome”, garante a existência de novo termo e novo significado a uma expressão. Quando não aparece, o significado é literal, ao “pé da letra”.

ANO-NOVO, substantivo masculino, refere-se à meia-noite do dia 31 de dezembro; o dia 1º de janeiro; também conhecido como ano-bom.

ANO NOVO, substantivo e adjetivo, sem o uso de hífen, tem o significado literal de doze novos meses; todo o novo ano.

Em outros termos, vale sempre lembrar que uma “caixa-preta” (sistema blindado que registra as mensagens trocadas entre tripulantes de aeronaves), é muito diferente de uma “caixa preta”. Aliás, a “caixa-preta” nem a cor preta possui.

Quer dizer, então, que o Novo Acordo Ortográfico (com vigência obrigatória a partir de 1º de janeiro de 2016) relaciona-se ao caso acima? Não.

Em relação ao uso de hífen, a reforma ortográfica alterou a relação com prefixos dissílabos (como CONTRA-, SEMI-, AUTO-) e a palavra, como em “contrarrazões”, “semissintético”, “autorretrato” e outros casos.

Extinguiu também a reforma o hífen de expressões com conectivos, não ligadas à Botânica ou à Zoologia: “pôr do sol”, “fim de semana”, “mão de obra”, “pé de moleque”.

Sendo assim, é ainda muito importante a hifenização em (nome-nome ou verbo-nome), como “caixa-preta”, “guarda-chuva”, “saia-justa”, “segunda-feira”, “primeiro-ministro” e tantos outros exemplos.

É o “bendito” hífen o sinalizador do sentido admitido pelo vocábulo composto.

Um abraço, até a próxima e siga-me pelo Twitter!

Diogo Arrais
@diogoarrais
Professor de Língua Portuguesa – Damásio Educacional
Autor Gramatical pela Editora Saraiva

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também