Estamos de cara nova! E continuamos com o conteúdo de qualidade.
Nova Exame

Tensão no ar: denúncias dos irmãos Miranda trazem novo ingrediente à CPI

O real impacto dos depoimentos só será sentido nas próximas semanas e não se sabe como o público fiel ao presidente irá reagir

Por Márcio de Freitas*

Quase nada do que se retrata hoje é exatamente o que se verá no momento da eleição do próximo ano. Muitas nuvens estarão diferentes, mas o tempo presente é sujeito a tempestades no final do período. E isso torna instável a posição de cada um dos atores eleitorais que estarão em cena dentro de um ano. 2022 é logo ali.

As denúncias feitas pelos irmãos Miranda, ambos de pré-nome Luís, trazem um ingrediente picante às narrativas momentâneas. Foram recebidas pela oposição como bala de prata, mas isso só saberemos mesmo com o tempo.

Assim como a situação de outros personagens ainda mudará muito ao longo do tempo, porque hoje estão preservados pelo protagonismo estridente do presidente Jair Bolsonaro. Mas o impacto num dos esteiros do discurso do presidente, a honestidade, poderá ser medido nas próximas semanas.

O interessante será notar se o público de Bolsonaro, até agora impermeável, mudará seu comportamento. Até hoje, uma fatia importante dos brasileiros mantém fidelidade canina a Bolsonaro. E não se distancia do apoio, endossando a defesa maior à economia do que o enfrentamento à pandemia, concordando com a política de armar a população e com pautas conservadoras.

A economia continua a emitir sinais de melhoras, apesar da inflação e do risco da crise hídrica afetar o fornecimento de energia. Um apagão poderia ser fatal, mas isso ainda parece ser mais um sonho de uma noite da oposição do que realidade.

*Márcio de Freitas é analista político da FSB Comunicação

Siga a Bússola nas redes: Instagram | LinkedinTwitter | Facebook | Youtube

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também