Um conteúdo Bússola

Rappi investe mais de R$ 40 mi para assegurar os ganhos dos entregadores

A empresa visa acompanhar o processo inflacionário e aumentos dos combustíveis com medidas que garantam rendimentos aos trabalhadores
Fundo é direcionado para aumentar ganhos dos entregadores (Getty Images/Getty Images)
Fundo é direcionado para aumentar ganhos dos entregadores (Getty Images/Getty Images)
Por BússolaPublicado em 15/04/2022 18:00 | Última atualização em 15/04/2022 16:04Tempo de Leitura: 3 min de leitura

Acompanhando o processo inflacionário e os aumentos sucessivos dos combustíveis, o Rappi está adotando medidas que possam garantir rendimentos adequados aos entregadores independentes. A empresa, ao longo do ano, vai realizar investimentos adicionais de mais de R$ 43 milhões, para assegurar os ganhos dos entregadores.

O Rappi criou esse fundo para os entregadores no Brasil, que já investiu cerca de R$ 25 milhões, para compensar os sucessivos aumentos dos combustíveis, direcionando-o para aumentar os ganhos dos entregadores. Como principal resultado, nos últimos dez meses a empresa promoveu reajustes nas tarifas recebidas pelos entregadores independentes, elevando, em média, o valor recebido por pedido de R$ 6,30 (junho de 2021) para R$ 8,80 (março de 2022), refletindo um aumento de 40%. Para calcular o valor de cada entrega, a plataforma considera diversos fatores como distância, complexidade, tipo de veículo, dia da semana entre outros.

Com isso, considerando que a distância média percorrida por pedido na plataforma, que é da ordem de 3,7 km, o entregador independente ganha R$ 2,37 por km rodado, média superior à praticada no mercado. Em São Paulo e no Rio de Janeiro, por exemplo, o valor mínimo da entrega é de R$ 5. Além disso, o valor da entrega, incluindo a integralidade das gorjetas, são repassadas em favor dos entregadores, sendo que o entregador é informado do valor do frete antes de começar a entrega.

“Somos uma empresa de tecnologia de dados, que atua ligando os elos da cadeia — o fornecedor, o entregador e o consumidor. A sustentabilidade da plataforma só é possível quando esses três atores são beneficiados”, afirma Osmar Queiroz, diretor de Operações da Rappi Brasil.

O Rappi, também, a partir de sua expertise em tecnologia e o aumento de verticais que favorecem curtos deslocamento (a exemplo do botão Turbo), vem aprimorando seu algoritmo de georreferenciamento para otimizar os deslocamentos dos entregadores independentes, de modo que eles possam realizar mais pedidos por hora, realizando entregas com distâncias mais curtas.

Focado em cuidar dos entregadores independentes, fornecendo diversos tipos de benefícios, a empresa vem, continuamente, implementando mudanças significativas e medidas em favorecimento dos entregadores. Nesta perspectiva, a escuta ativa desses parceiros é fundamental para o desenvolvimento de novas soluções.

Para apoiar os entregadores no dia a dia, o Rappi conta com centros de atendimento presenciais, pontos de apoio, suporte em tempo real, capacitação online, informativos com dicas de segurança no trânsito, botão de emergência para situações de risco de saúde ou segurança, seguro para acidente pessoal, invalidez permanente e morte acidental, descontos em seguros para celular, carro e moto e assistência em saúde. Além de periodicamente também oferecer cursos de capacitação e empreendedorismo, assim como descontos com itens para a manutenção das motocicletas.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | LinkedinTwitter | Facebook | Youtube

Veja também

 De luxo à necessidade: como o futuro passa pelo Big Data 

Andréa Fernandes: Social commerce e a confiança que gera renda 

Veja quatro empresas brasileiras que lideram no setor global de IA