Um conteúdo Bússola

Podcast A+: Novo Ensino Médio - tudo o que é preciso saber das mudanças

Episódio debate as novidades trazidas pela reforma curricular, que entrou em vigor em 2022 e foca na autonomia e no protagonismo dos alunos
Episódio debate as novidades trazidas pela reforma curricular, que entrou em vigor em 2022 e foca na autonomia e no protagonismo dos alunos (Bússola/Divulgação)
Episódio debate as novidades trazidas pela reforma curricular, que entrou em vigor em 2022 e foca na autonomia e no protagonismo dos alunos (Bússola/Divulgação)
P
Por Rafael LisbôaPublicado em 18/03/2022 às 13:06.

O novo episódio do Podcast A+ traz o debate promovido pela Bússola sobre as mudanças no Ensino Médio.

Um processo de aprendizagem mais ativo, com professores que estimulem a reflexão e o pensamento crítico e alunos que se tornem cada vez mais protagonistas das suas trajetórias. Uma jornada integrada de ensino, que combine conhecimentos acadêmicos, aspectos socioemocionais, vivências cotidianas e aspirações profissionais dos estudantes, trabalhando a teoria e a prática de maneira indissociável. Essa é a proposta do novo Ensino Médio, que acaba de entrar em vigor em 2022.

O novo modelo foi criado pela Lei nº 13.415, de 2017, que alterou a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional e estabeleceu uma mudança na estrutura da etapa final do Ensino Básico. Foi definida uma nova organização curricular mais flexível para o Ensino Médio, que contempla uma Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e a oferta de diferentes possibilidades de escolhas aos alunos, por meio dos itinerários formativos.

A carga horária total aumentou de 2.400 para 3 mil horas, sendo que 60% são para as disciplinas obrigatórias da BNCC, distribuídas em quatro áreas de conhecimento (Linguagens, Matemática, Ciências da Natureza e Ciências Humanas), e os 40% restantes se destinam aos itinerários formativos, com o aprofundamento dos estudantes nas áreas de sua preferência. A nova grade inclui ainda o chamado projeto de vida, para ajudar os jovens na busca de seu caminho profissional no futuro.

Todas essas mudanças têm como objetivo tornar o Ensino Médio mais efetivo e atraente e, assim, reduzir os altos índices de evasão e melhorar os resultados dos alunos desse segmento no IDEB – o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica. A transição para o novo modelo acontece por etapas, começando com as turmas do primeiro ano em 2022 e chegando às demais séries, de forma gradual, até 2024.

A opinião de especialistas é que essas transformações, que promovem mais autonomia e protagonismo dos estudantes, têm potencial para impactar positivamente todo o sistema educacional, do Ensino fundamental ao Ensino superior.

Quais são os maiores desafios na implantação do novo Ensino Médio? Como as redes pública e privada têm se preparado para o novo modelo? Como alunos e professores podem explorar todas as oportunidades trazidas pela reforma? Que ajustes podemos esperar em relação ao Enem? Com a transição ocorrendo em plena pandemia, qual será o impacto da Covid-19 nas mudanças?

Essas e outras questões foram debatidas em uma hora e meia de live no YouTube da Exame. Com mediação do jornalista Rafael Lisbôa, Diretor da Bússola, o bate-papo reuniu Pedro de Moraes, Superintendente Pedagógico da Secretaria de Estado de Educação do Rio de Janeiro; Marcelo Xavier, Diretor de Ensino da Inspira Rede de Educadores; e Diana Tatit, Head de Conteúdo da Camino Education, grupo educacional do qual faz parte a plataforma de aprendizagem digital Cloe.

Escute abaixo o episódio, e ainda pelo Spotify ou Apple Podcasts. A edição é de Guilherme Baldi.

O Podcast A+ faz parte da plataforma Bússola, uma parceria entre a Revista Exame e o Grupo FSB.

Assine os Boletins da Bússola

Siga Bússola nas redes:  InstagramLinkedin  | Twitter  |   Facebook   |  Youtube 

Mais da Bússola:

Podcast A+: Como está a corrida presidencial a 7 meses das eleições?

Podcast A+: Milhas, pontos ou cashback. Qual programa de recompensa ideal?

Podcast A+: Imposto sobre remessas ao exterior e o risco para o turismo