Lugar de mulher é no comando de empresas e organizações

Bússola Líderes reúne executivas para debater os desafios na busca - urgente e necessária - por mais equidade no mercado de trabalho

“Mesmo sendo responsável por 75% da receita da empresa, eu era gerente e meus pares eram diretores. Ao questionar meu chefe, ele disse que, como eu era jovem, mulher e bonita, teria que me provar bastante antes, para não haver insinuações sobre a minha promoção”.  

“Quando eu engravidei, logo depois de ter sido promovida, eu fui questionada como aquilo aconteceu”.

“Para me impedirem de desenvolver um projeto para a população feminina carcerária, houve tentativas de coibição, com homens falando com homens para que uma mulher deixasse de defender direitos fundamentais de outras mulheres”. 

“Ao me tornar superintendente, minha própria mãe me disse que carreira era para o meu marido e que eu tinha dois filhos para cuidar em casa”.

Os depoimentos acima foram dados à Bússola por executivas brasileiras sobre preconceitos e dificuldades que enfrentaram na carreira por serem mulheres. A nova edição do Bússola Líderes debate um tema fundamental e urgente para o mundo corporativo e para a sociedade: a busca necessária por mais equidade no mercado de trabalho. A igualdade de gênero é um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU.

Apesar das conquistas profissionais das mulheres ao longo dos anos e do avanço da participação feminina em todos os setores, as desigualdades ainda são muitas. Um estudo da Organização Internacional do Trabalho divulgado em 2020 mostra que as mulheres ganham em média menos 14% do que os homens. Diferença que aumenta bastante em cargos de alta liderança. Segundo o levantamento, três em cada quatro posições gerenciais são ocupadas por homens.

Neste episódio especial sobre lideranças femininas, Rafael Lisbôa, diretor da Bússola, conversa com executivas que estão no comando de empresas e organizações: Flavia Bittencourt, presidente da Adidas no Brasil e conselheira da BRF e da TIM; Patrícia Villela Marino, cofundadora e presidente do Instituto Humanitas360; Lívia Marquez, diretora de Comunicação e Mídia da Oi; e Isabel Arthou, diretora de Relações Institucionais do Grupo FSB.

No bate-papo, elas compartilharam experiências sobre os desafios superados na vida pessoal e profissional, destacaram as lutas travadas para promover mais inclusão e diversidade no trabalho, analisaram o papel da liderança feminina ao lidar com as questões da pandemia e fizeram previsões para o futuro das mulheres nas empresas e na sociedade.

Confira o debate completo no Bússola Líderes – canal de entrevistas em vídeo da Bússola com as principais lideranças empresariais do país. A conversa é sempre publicada no YouTube da Bússola e no portal da Exame

A Bússola é a nova plataforma de conteúdo estratégico sobre economia, negócios, política e sociedade. Uma parceria entre a Revista Exame e o Grupo FSB.

Assine os Boletins da Bússola

Siga Bússola nas redes:  InstagramLinkedin  | Twitter  |   Facebook   |  Youtube 

Mais da Bússola:

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 1,90

Nos três primeiros meses,
após este período: R$ 15,90

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.