Temer repudia ação da PF contra comitiva de Lobão Filho

Na noite de quarta-feira, segundo nota de Temer, policiais federais fizeram uma busca em avião da campanha no aeroporto de Imperatriz, no interior do Maranhão

Brasília - O vice-presidente da República e presidente nacional do PMDB, Michel Temer, divulgou nesta quinta-feira, 25, nota em que repudia a ação da Polícia Federal contra uma comitiva do candidato do partido ao governo do Maranhão, o senador Edison Lobão Filho.

Na noite de quarta-feira, 24, segundo a nota de Temer, policiais federais fizeram uma busca em um avião da campanha no aeroporto de Imperatriz, no interior do estado.

A PF pretendia apurar denúncia de suspeita de recursos ilegais na campanha.

A nota de Temer diz que os integrantes da Polícia Federal abordaram a comitiva "com armas em punho" e critica a ação: "Sob o pretexto de buscar recursos ilegais de campanha, foram feitas buscas na aeronave, nos automóveis e na bagagem dos membros da comitiva, numa ação intimidatória que, ao final, nada encontrou de irregular. O procedimento foi baseado em denúncia anônima durante o curso da disputa eleitoral intensa. No Estado democrático de direito, é inadmissível que forças policiais sejam instrumentalizadas para atingir candidaturas legitimamente constituídas".

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.