Brasil
Acompanhe:

SP vai informar qual vacina está disponível para 2ª dose em cada posto

Medida será adotada no site "De Olho na Fila" para que as pessoas não precisem ir até uma unidade de saúde onde não tenha doses do fabricante da primeira dose

Secretário municipal da Saúde, disse que as informações podem constar no site “ainda nesta semana” (Stephane Mahe/Reuters)

Secretário municipal da Saúde, disse que as informações podem constar no site “ainda nesta semana” (Stephane Mahe/Reuters)

I
Isabela Rovaroto

26 de julho de 2021, 14h09

O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, anunciou em entrevista coletiva nesta segunda-feira, 26, que o site "De Olho na Vacina" deve divulgar as marcas dos imunizantes disponíveis na cidade apenas para quem vai tomar a 2º dose.

  • Quer saber tudo sobre o ritmo da vacinação contra a covid-19 no Brasil e no Mundo? Assine a EXAME e fique por dentro.

Sem data definida, a medida será adotada para que as pessoas não precisem ir até uma unidade de saúde onde não tenha doses do mesmo fabricante da primeira dose.

“Para evitar que a pessoa vá a um posto e não tenha a segunda dose daquele imunizante dela, ela vai num segundo posto e não tem também, ela poderá ver no aplicativo”, afirmou o secretário municipal da Saúde, Edson Aparecido, acrescentando que as informações podem constar no site “ainda nesta semana”.

A identificação das marcas de imunizantes será feita somente com segundas doses, reforçou Aparecido, como forma de evitar que algumas pessoas escolham as marcas com as quais serão vacinadas.

A Secretaria Municipal da Saúde estimava que 218 mil pessoas estão com a segunda dose atrasadas. “Vamos fazer uma campanha para que essas 218 mil pessoas se vacinem. Mas isso não impedirá que as procuremos, ligando”, disse Nunes.

Vacinação 28 anos

Nunes confirmou o adiamento da vacinação das pessoas com 28 anos, que estava programada para acontecer nas próximas quinta e sexta-feira. A vacinação para quem tem 29 anos continua confirmada para terça e quarta-feira.

    Segundo o Prefeito, houve um erro de entendimento da própria prefeitura em relação à disponibilidade de doses para essa faixa etária. Ainda assim, Nunes afirmou que está trabalhando, em parceria com o Governo do Estado, para reverter esse cancelamento. Até o momento, pessoas de 28 anos não serão vacinada nesta semana.