• AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,78 -0.79
  • ABCB4 R$ 16,69 -3.75
  • ABEV3 R$ 13,98 -1.13
  • AERI3 R$ 3,67 -0.81
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,74 -0.32
  • ALPA4 R$ 20,46 -1.35
  • ALSO3 R$ 18,92 -0.94
  • ALUP11 R$ 26,83 0.86
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 29,84 -2.29
  • AMER3 R$ 23,45 1.56
  • AMZO34 R$ 66,86 -0.09
  • ANIM3 R$ 5,36 -2.72
  • ARZZ3 R$ 81,01 -0.23
  • ASAI3 R$ 15,95 3.24
  • AZUL4 R$ 20,93 -1.46
  • B3SA3 R$ 12,13 2.71
  • BBAS3 R$ 37,15 4.06
  • AALR3 R$ 20,20 -0.49
  • AAPL34 R$ 66,78 -0.79
  • ABCB4 R$ 16,69 -3.75
  • ABEV3 R$ 13,98 -1.13
  • AERI3 R$ 3,67 -0.81
  • AESB3 R$ 10,70 0.00
  • AGRO3 R$ 30,74 -0.32
  • ALPA4 R$ 20,46 -1.35
  • ALSO3 R$ 18,92 -0.94
  • ALUP11 R$ 26,83 0.86
  • AMAR3 R$ 2,41 -1.23
  • AMBP3 R$ 29,84 -2.29
  • AMER3 R$ 23,45 1.56
  • AMZO34 R$ 66,86 -0.09
  • ANIM3 R$ 5,36 -2.72
  • ARZZ3 R$ 81,01 -0.23
  • ASAI3 R$ 15,95 3.24
  • AZUL4 R$ 20,93 -1.46
  • B3SA3 R$ 12,13 2.71
  • BBAS3 R$ 37,15 4.06
Abra sua conta no BTG

Senado ouvirá no sábado últimas testemunhas de Dilma

Barbosa seria a próxima testemunha nesta sexta, mas Cardozo pediu a inversão da ordem e a última testemunha será o ex-secretário do Ministério da Educação

	Impeachment: nesta sexta-feira foi ouvido o economista Luiz Gonzaga Belluzzo, na condição de informante
 (Ueslei Marcelino / Reuters)
Impeachment: nesta sexta-feira foi ouvido o economista Luiz Gonzaga Belluzzo, na condição de informante (Ueslei Marcelino / Reuters)
Por Da RedaçãoPublicado em 26/08/2016 20:24 | Última atualização em 26/08/2016 20:24Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Brasília - O depoimento das testemunhas de defesa no processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff deve continuar no sábado, a partir das 9:00, com o ex-ministro da Fazenda Nelson Barbosa e o advogado Ricardo Lodi, disse nesta sexta-feira o advogado da petista, José Eduardo Cardozo.

Barbosa seria a próxima testemunha a ser ouvida ainda nesta sexta, mas Cardozo pediu a inversão da ordem e a última testemunha desta sexta-feira será o ex-secretário-executivo do Ministério da Educação, Luiz Cláudio Costa.

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, que preside o julgamento, aceitou o pedido alegando que não havia prejuízo para a acusação com a inversão da ordem.

Nesta sexta-feira foi ouvido o economista Luiz Gonzaga Belluzzo, na condição de informante --já que a acusação pretendia pedir seu impedimento e, em um acordo entre os dois lados, Cardozo concordou que sua condição fosse alterada.

Na noite desta sexta, fala o advogado Geraldo Prado. A autora do pedido que embasou o impeachment, Janaína Paschoal, tentou pedir o impedimento de Prado, alegado que ele havia participado de atos contra o impeachment, mas teve seu pedido indeferido.

Também a pedido de Cardozo, uma sexta testemunha, a ex-secretária de Orçamento Federal e professora-adjunta do Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Esther Dweck, foi retirada do rol de testemunhas da defesa.

A inclusão de Esther vinha sendo alvo de questionamentos de defensores do impeachment pelo fato de ela ter sido solicitada para atuar na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado, sob a presidência da senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), aguerrida defensora de Dilma.

A maior parte dos senadores de oposição abriu mão de fazer perguntas para as testemunhas desta sexta, o que acelerou o processo.

"Vamos fazer um esforço para terminar mais uma testemunha hoje e ficarmos com os senhores Barbosa e Lodi para amanhã (sábado)", disse Lewandowski.

Veja Também

Leonardo Péricles
Eleicoes
Há 6 dias • 1 min de leitura

Leonardo Péricles

José Maria Eymael
Eleicoes
Há 6 dias • 2 min de leitura

José Maria Eymael