São Paulo vai exigir comprovante de residência para vacinar contra covid

A informação foi divulgada pelo prefeito Ricardo Nunes em coletiva de imprensa nesta quinta-feira, 27

A partir desta sexta-feira, dia 28, quem quiser se vacinar contra a covid-19 na capital paulista vai precisar apresentar algum comprovante de residência mostrando que reside na cidade. A informação foi divulgada pelo prefeito Ricardo Nunes em coletiva de imprensa nesta quinta-feira, 27.

Novos grupos serão incluídos na lista de vacinação a partir desta sexta. Estudantes do último ano de cursos da área da saúde e trabalhadores da saúde acima de 18 anos podem se vacinar na cidade. Além do comprovante de residência, os estudantes precisam apresentar um atestado da faculdade mostrando que estão no ano final do curso.

A vacinação de pessoas com comorbidades e com deficiência permanente cadastradas no Benefício de Prestação Continuada (BPC) será ampliada nesta sexta-feira e passará a abranger todos que têm mais de 40 anos. Na terça-feira da próxima semana, dia 2 de junho, a imunização será ampliada para profissionais dos aeroportos de Congonhas (zona sul) e Campo de Marte, na zona norte da capital.

  • Quer saber tudo sobre o ritmo da vacinação contra a covid-19 no Brasil e no mundo? Assine a EXAME e fique por dentro.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também