São Paulo esperar receber 100 mil turistas e gerar R$ 300 milhões com F1

Expectativas da SPTuris superam os números de 2010, mesmo com a definição do título da temporada tendo ocorrido em outubro
Fórmula 1 fez aumentar em São Paulo também o número de vagas de trabalho temporárias (Getty Images)
Fórmula 1 fez aumentar em São Paulo também o número de vagas de trabalho temporárias (Getty Images)
Por Da RedaçãoPublicado em 09/07/2012 10:16 | Última atualização em 09/07/2012 10:16Tempo de Leitura: 2 min de leitura

São Paulo - A cidade de São Paulo sediará neste domingo a última prova do ano do Campeonato Mundial de Fórmula 1, e conta com a expectativa de receber mais de 100 mil visitantes durante os três dias do Grande Prêmio do Brasil, totalizando uma arrecadação de R$ 300 milhões para o turismo.

O escritório de turismo da Prefeitura, 'SPTuris', indicou em seu site que a 'expectativa' para este ano supera os números de 2010, apesar de o título da temporada ter sido definido em outubro, no Grande Prêmio do Japão, pelo alemão Sebastian Vettel (Red Bull).

A edição de número 40 da única corrida na América Latina do calendário da Fórmula 1 receberá, segundo a entidade, 100 mil turistas, beneficiando, principalmente, a rede hoteleira e de restaurantes.

O número de vagas de trabalho temporários aumentou também durante a semana da Fórmula 1 em São Paulo, que teve em 2010 um total de 15 mil pessoas contratadas.

Um estudo da empresa de consultoria Observatório do Turismo, núcleo de estudos e tendências da 'SPTuris', indicou que com os números consolidados, o Grande Prêmio do Brasil contou em 2010 com a presença de 68 mil e as empresas do setor turístico ganharam R$250 milhões.

O estudo levou em conta as despesas em hospedagem, transporte, visitas a lugares turísticos e culturais, restaurantes e compras com cartões de crédito e débito no exterior e em outros estados brasileiros.

Calcula-se que dos 68 mil visitantes no ano passado, 22,8% eram turistas e 3,6% chegaram de outros países. EFE