Brasil

Relembre a carreira de Ana Moser, nova ministra do Esporte

Ex-jogadora de vôlei assumiu nesta quarta-feira a pasta que foi recriada no governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do PT

Ana Moser: ministra já foi campeã paulista de vôlei (José Cruz/Agência Brasil)

Ana Moser: ministra já foi campeã paulista de vôlei (José Cruz/Agência Brasil)

AO

Agência O Globo

Publicado em 4 de janeiro de 2023 às 19h07.

Última atualização em 4 de janeiro de 2023 às 19h14.

Primeira mulher a comandar o ministério do Esporte na pasta recém-inaugurada no governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do PT, Ana Moser assumiu o cargo na manhã desta quarta-feira.

Ela afirmou que a missão é mais difícil do que "Brasil e Cuba", fazendo referência a um clássico do vôlei e revelou que adotará a postura "séria e focada" que tinha dentro de quadra. Ela também foi a primeira ex-atleta a ser nomeada para o ministério desde Pelé, que foi ministro extraordinário do governo Fernando Henrique Cardoso, entre 1995 e 1998.

Ana Moser começou a jogar vôlei na infância na cidade de Blumenau (SC), onde nasceu. Aos 16 anos, se mudou para São Paulo para jogar pelo Transbrasil/Pinheiros e também foi convocada para a seleção infantojuvenil.

A partir de 1987, com 17 anos, passou a fazer parte da equipe principal, e disputou as Olimpíadas de Seul em 1988 (o Brasil terminou em sexto lugar) e 1992, em Barcelona (4º). Em 1991, foi medalhista de prata nos Jogos Pan-Americanos de Havana.

A partir de 1994, com Bernardinho no comando da seleção, o Brasil começou a colher os frutos de uma geração vitoriosa. Em seis anos, a equipe venceu três Grand Pix (além de uma prata e um bronze) e três Sul-Americanos, e chegou no pódio do Mundial (prata), das Olimpíadas (bronze em 1996 em Atlanta e 2000 em Sydney) e da Copa dos Campeões (bronze).

Em clubes, Ana Moser foi dez vezes campeã paulista entre 1985 e 1997 (por Transbrasil/Pinheiros, Sadia, Colgate/São Caetano e Leite Moça/ Sorocaba, nesta ordem), tetracampeã da Liga Nacional de Clubes e pentacampeã do Sul-Americano. Teve sua carreira abreviada por lesões no joelho, e parou de jogar em 1999, depois de fazer parte da campanha que conseguiu a vaga para a Olimpíada de 2000.

LEIA TAMBÉM:

Ana Moser toma posse como ministra dos Esportes

Acompanhe tudo sobre:Ana MoserLuiz Inácio Lula da SilvaMinistério do Esporte

Mais de Brasil

Quero ser responsável pela vitória dele, diz Lula no lançamento da candidatura de Boulos em SP

Com esquerda em peso e até bolsonarista, PSD oficializa candidatura de Paes sem definir vice

Vamos colocar a periferia em primeiro lugar, diz Boulos ao oficializar candidatura ao lado de Lula

Fuad e Kassab apostam em discurso moderado e feitos da gestão para reeleição em prefeitura BH

Mais na Exame