Quarentena em SP: restaurantes, salões e academias podem abrir no sábado

Desde a semana passada o governo estadual começou a flexibilizar a quarentena em todo o estado e adotou um modelo de transição

A partir do sábado, 24, o estado de São Paulo entra em uma nova etapa da quarentena. Chamada de 'transição', o governo estadual autoriza a abertura de setores da economia, mas com restrições de horário e de capacidade. É um meio termo entre a fase vermelha e a fase laranja, menos restrita. Na semana passada, o governo já tinha autorizado a reabertura de shoppings e comércio de rua. Agora, é a vez dos restaurantes, academias e salões de beleza. A capacidade de clientes é de 25%. Essas regras têm validade até o dia 30 de abril.

Parques e praias também podem reabrir. O toque de recolher permanece das 20h às 5h. O setor de serviços, com restaurantes e salões de beleza, podem retomar as atividades presenciais, com o horário das 11h às 19h. Bares só podem funcionar na modalidade restaurante. Atividades culturais, como museus, seguem a mesma regra dos serviços. As academias também retomam as atividades no dia 24, mas em duas faixas de horário: das 7h às 11h, e das 15h às 19h.

O movimento no sentido de menos restrições não muda as regras da educação. As aulas presenciais estão permitidas, com capacidade de 35%. O teletrabalho segue obrigatório para todas as atividades administrativas. 

Após quase um mês com a taxa de ocupação de leitos de UTI acima de 90%, o estado de São Paulo registou nesta sexta-feira, 23, uma taxa de 81%. Na Grande São Paulo a ocupação está em 79%, segundo dados da Secretaria de Saúde do estado.

A média diária de novas internações, tanto em leitos de UTI quanto de enfermaria, está em 2.303. O valor é superior ao pico registrado na primeira onda, no meio do ano passado, mas abaixo do recorde, registrado há um mês quando estava em 3.399.

"Pela primeira vez em dois meses temos uma redução nos três índices: casos, internações e óbitos. Casos tivemos uma queda de de 14%, internações a queda foi de 6%, e de óbitos foi de 23%. é importante lembrar que já vínhamos apresentando uma queda nas internações. A queda nos óbitos sempre vai ser depois. As medidas tomadas pelo governo mostram a responsabilidade que temos com a saúde e com a proteção da vida", disse o secretário da Saúde, Jean Gorinchteyn, em entrevista coletiva nesta sexta-feira, 23.

Regras da quarentena a partir do dia 24 de abril

  • Comércio e shoppings: permitida a abertura, das 11h às 19h, com capacidade de 25%
  • Restaurantes: permitida a abertura, das 11h às 19h, com capacidade de 25%
  • Bares só podem funcionar na modalidade restaurante, seguindo as mesmas regras
  • Padarias podem funcionar seguindo as regras de supermercado, e consumo no local segue modelo de restaurantes
  • Salões de beleza: permitida a abertura, das 11h às 19h, com capacidade de 25%
  • Academias: abertura permitida em dois horários, das 7h às 11h, e das 15h às 19h. Capacidade é de 25%
  • Teletrabalho de serviços administrativos é obrigatório
  • Parques podem abrir das 6h às 18h
  • Atividades culturais (museus, galerias e similares): das 11h às 19h, com capacidade de 25%
  • Toque de recolher das 20h às 5h
  • Igrejas e templos podem abrir, com capacidade de 25%
  • Escolas podem abrir, com capacidade de 35%

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.