Acompanhe:

Qual o horário do debate presidencial na Band neste domingo, 28?

Saiba onde assistir ao primeiro debate com os candidatos à Presidência da República organizado pela TV Bandeirantes em parceria com TV Cultura, UOL e Folha de S. Paulo

Modo escuro

Continua após a publicidade
Sede da Band: TV realiza debate presidencial em 28 de agosto em pool com TV Cultura, UOL e Folha de S. Paulo. (Band/Divulgação)

Sede da Band: TV realiza debate presidencial em 28 de agosto em pool com TV Cultura, UOL e Folha de S. Paulo. (Band/Divulgação)

D
Da Redação

Publicado em 23 de agosto de 2022 às, 18h40.

Última atualização em 24 de agosto de 2022 às, 11h33.

O Brasil começa no mês de agosto a temporada de debates nas eleições presidenciais de 2022.

O primeiro debate na disputa à Presidência está marcado para este domingo, 28 de agosto, realizado pela TV Bandeirantes em parceria com a TV Cultura, o site UOL e o jornal Folha de S.Paulo.

Assine a newsletter gratuita da EXAME e receba, diariamente pela manhã, um resumo das notícias mais importantes no seu e-mail

O mesmo grupo já realizou debate para governos dos estados em agosto.

O debate conta também com a parceria do Google Trends, que apresentará dados em tempo real sobre as buscas e a repercussão digital do evento e dos temas debatidos pelos candidatos.

O evento será transmitido pela televisão, nos sites dos portais participantes e YouTube, no canal da TV Bandeirantes e de outros parceiros, a partir das 21h.

Quando serão os próximos debates para presidente?

Para a disputa à Presidência da República, além do debate na Band, estão previstos até o momento outros quatro eventos, pela televisão e pela internet.

Nas eleições deste ano, uma série de veículos se uniu em um formato batizado de pool, realizando um debate conjunto, em modelo comum nos EUA.

Os debates antes do primeiro turno acontecem entre agosto e setembro e os do segundo turno, em outubro.

O primeiro turno da eleição está marcado para 2 de outubro de 2022 e o segundo turno, se houver, para 30 de outubro. Além de presidente, os eleitores escolhem neste ano governadores, senadores, deputados federais e deputados estaduais.

Veja as datas de todos os debates para presidente no 1º turno

Após cancelamentos, estão previstos até o momento cinco principais debates para presidente no primeiro turno:

  • 28/8 (domingo): debate da Bandeirantes, TV Cultura, UOL e Folha de S.Paulo (conjunto)
  • 2/9 (sexta-feira): debate da RedeTV
  • 13/9 (terça-feira): debate da TV Aparecida
  • 24/9 (sábado): debate da CNN, Veja, SBT, O Estado de S. Paulo, NovaBrasil FM e Terra (conjunto)
  • 29/9 (quinta-feira): debate da TV Globo

As datas são passíveis de alteração ou cancelamento pelas emissoras.

VEJA TAMBÉM

Veja os debates previstos para presidente no 2º turno

Nem todas as datas de debates para o segundo turno estão ainda confirmadas e seguem passíveis de alteração.

Dentre os debates já confirmados, estão:

  • 17/10 (segunda-feira): debate da Rede TV!
  • 22/10 (sábado): debate de CNN, Veja, SBT, O Estado de S. Paulo, NovaBrasil FM e Terra
  • 28/10 (sexta-feira): debate da TV Globo

O pool que inclui Band, Folha, UOL e Cultura ainda não divulgou data do debate do segundo turno.

Quem será convidado aos debates?

Ao todo, foram registradas junto ao TSE 12 candidaturas na disputa à Presidência da República. Pode acontecer ainda de algum nome retirar a candidatura até o dia da votação. Até o momento, os candidatos são:

Cada debate tem suas regras sobre quem convidar. O convite a apenas parte dos candidatos é comum e autorizado pela Justiça Eleitoral.

A legislação eleitoral (no artigo 46 da lei 13.488/2017) somente obriga, no entanto, que candidatos de partidos com mais de cinco cadeiras no Congresso sejam convidados para os debates (isto é, candidatos de partidos com cinco senadores ou deputados somados).

No geral, os veículos de comunicação escolhem, além da bancada no Congresso, as pesquisas eleitorais como critério. Uma regra comum usada como divisão pelos veículos é convidar candidatos com mais de 1% das intenções de voto nas pesquisas.

VEJA TAMBÉM: Veja aqui as últimas pesquisas eleitorais da EXAME para presidente

Por que alguns debates foram cancelados?

Alguns veículos já cancelaram debates que haviam planejado, como as rádios Jovem Pan e CBN.

Um grupo que incluía os jornais O Globo, Valor, Folha de S.Paulo e O Estado de S.Paulo e os portais UOL e G1 - os mesmos que compõem o "consórcio de imprensa" criado para levantar dados na pandemia da covid-19 - também cancelou o debate marcado para 14 de setembro. O motivo, segundo os veículos, foi a falta de confirmação de três dos quatro primeiros colocados nas pesquisas.

A rede de TV CNN faria também um debate sozinha em agosto, mas cancelou o evento e se juntou a outros veículos em um pool para debate em setembro.

Com a dificuldade de atrair os dois candidatos líderes nas pesquisas, muitos veículos de comunicação adotaram o modelo de pool, fazendo debate de forma conjunta em vez de cada qual um evento separado.

O modelo é comum nos Estados Unidos, onde há apenas alguns debates durante a campanha e veículos os organizam conjuntamente. O formato de pool também foi usado na campanha presidencial do Brasil em 1989, a primeira após a ditadura.

Assine a newsletter gratuita da EXAME e receba, diariamente pela manhã, um resumo das notícias mais importantes no seu e-mail

Bolsonaro e Lula vão aos debates?

A realização dos debates neste ano se tornou um desafio em meio à ausência do presidente Jair Bolsonaro, que ainda não confirmou presença em nenhum dos debates.

O ex-presidente Lula, que lidera nas pesquisas, também não confirmou presença em todos os eventos. A campanha de Lula tem afirmado que o ex-presidente irá a algum debate, mas defendeu o modelo de pool e abertura de sinal a outras emissoras para além das que estão organizando o evento.

O colunista Kennedy Alencar, do portal UOL, afirmou no começo de agosto que a leitura na campanha de Lula era de que o ex-presidente deve participar do debate em pool na TV Bandeirantes.

A presença tanto de Bolsonaro quanto de Lula no debate da Band ainda não havia sido confirmada até esta quarta-feira, 24 de agosto.

Quais as regras de um debate presidencial?

As regras do debate são definidas previamente entre os veículos organizadores e acordadas com as campanhas dos candidatos.

No caso do debate da Band, os organizadores divulgaram neste mês as regras do programa, que será dividido em três blocos:

  • No primeiro bloco, candidatos têm 1 minuto para responder a perguntas feitas por jornalistas, em ordem previamente escolhida;
  • Depois, ainda no primeiro bloco, um candidato pode fazer uma pergunta para outro de sua escolha. O presidente Jair Bolsonaro fará a primeira pergunta nesta parte;
  • No segundo bloco, jornalistas novamente farão perguntas, escolhendo um candidato para responder e outro para comentar;
  • No terceiro e último bloco, candidatos podem novamente perguntar entre si.

Quando será a eleição e qual é o último debate?

O último debate marcado para o primeiro turno é o da TV Globo, em 29 de setembro. O debate ocorre numa quinta-feira, três dias antes do primeiro turno da eleição, em 2 de outubro, no domingo.

A TV Globo também realiza o último debate do 2º turno, em 28 de outubro. O debate ocorre numa sexta-feira, dois dias antes do segundo turno da eleição, em 30 de outubro, um domingo.

O segundo turno ocorre se nenhum candidato obtiver maioria de votos válidos (50% dos votos válidos mais um voto). A eleição presidencial vai para o 2º turno com os dois candidatos mais votados.


*A página poderá ser atualizada com novas informações sobre datas dos debates à Presidência.

Últimas Notícias

Ver mais
Alistamento de jovens eleitores em campanha do TSE é mais que o triplo de 2020
Brasil

Alistamento de jovens eleitores em campanha do TSE é mais que o triplo de 2020

Há 2 dias

Bússola de Poder: o saidão da Câmara
Um conteúdo Bússola

Bússola de Poder: o saidão da Câmara

Há 2 dias

Coreia do Sul inicia eleições legislativas cruciais para o presidente
Mundo

Coreia do Sul inicia eleições legislativas cruciais para o presidente

Há uma semana

Moro ainda pode perder o mandato? Entenda os próximos passos após senador ser absolvido no TRE-PR
Brasil

Moro ainda pode perder o mandato? Entenda os próximos passos após senador ser absolvido no TRE-PR

Há uma semana

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais