Gastos com a dengue chegam a R$ 2,7 bilhões no Brasil

Os gastos dos sistemas de saúde ficam em torno de R$ 1 bilhão por ano, enquanto as despesas indiretas da população com a doença chegam a R$ 1,7 bilhão

São Paulo - Em apenas um ano, a dengue custou ao país cerca de R$ 2,7 bilhões, mostra estudo publicado na edição de setembro da revista Plos Neglected Tropical Diseases e apresentada na 17ª Jornada de Imunizações, em Curitiba.

Com base em dados de 2.035 pacientes infectados pela doença em 2013, pesquisadores de dez instituições brasileiras e internacionais calcularam quanto a dengue pode custar para os sistemas de saúde público e privado e para a população.

"Entram nesse custo social gastos com dias perdidos de trabalho, deslocamento e alimentação para unidades de saúde e outros encargos", explica João Bosco Siqueira Junior, professor do Departamento de Saúde Coletiva da Universidade Federal de Goiás (UFGO) e um dos autores do estudo.

Maiores

De acordo com a pesquisa, os gastos dos sistemas de saúde ficam em torno de R$ 1 bilhão por ano, enquanto as despesas indiretas da população com a doença chegam a R$ 1,7 bilhão.

"E temos de lembrar que nem todas as pessoas com a doença procuram as unidades de saúde. Portanto, o número de casos e, consequentemente, os gastos devem ser muito maiores", diz o especialista.

No caso das despesas com saúde, os maiores gastos são com procedimentos ambulatoriais, que consomem R$ 843 milhões. Os custos com internações hospitalares são de R$ 172 milhões.

Para Siqueira Junior, o governo federal deve considerar esses gastos para definir a efetividade de futuras estratégias de combate, como a compra de vacinas contra a dengue, ainda em fase de aprovação.

"A carga social da doença é muito alta. Esse valor equivale, por exemplo, ao dobro do que é investido com prevenção da dengue", diz o pesquisador.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.