Motoristas e cobradores fazem nova paralisação em SP

No terminal Bandeira, um ônibus articulado foi estacionado no portão de acesso, de modo a impedir a saída dos veículos

Os funcionários das empresas de ônibus da capital paulista fazem hoje (19) à tarde nova paralisação para reivindicar reajuste salarial. Pouco depois das 14h, o Terminal Bandeira, no centro da cidade, foi fechado.

Um ônibus articulado foi estacionado no portão de acesso, de modo a impedir a saída dos veículos. Os motoristas e cobradores devem permanecer de braços cruzados até as 16h.

A mobilização surpreendeu os passageiros que pretendiam embarcar no horário. Os alto-falantes informavam que, “devido à manifestação sindical”, nenhuma linha iria circular.

Alguns pediam informações e outros permaneciam resignados nos pontos de espera.

O auxiliar de limpeza Ademilton Bezerra informou que esse tipo de movimento acaba prejudicando a população. “Não é bom, porque a pessoa que trabalha não consegue voltar para casa”, reclamou.

Entretanto, Bezerra defendeu a demanda dos trabalhadores. “Se eles têm condições de pagar, eles podiam dar logo o aumento e acabar com isso”, concluiu.

Ontem (18), uma ação semelhante também interrompeu a circulação de ônibus na capital entre as 10h e o meio dia.

A categoria protesta contra o reajuste de 2,31% oferecido pelas empresas de ônibus. A proposta é menos da metade do que eles pedem: 5% de aumento real mais a inflação.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.