Brasil

Inmet emite alerta de 'perigo' para queda na temperatura e tempestades no Sul; veja previsão

Baixa umidade atua ainda nesta terça-feira na porção central do país

Agência o Globo
Agência o Globo

Agência de notícias

Publicado em 25 de junho de 2024 às 06h50.

Última atualização em 25 de junho de 2024 às 07h04.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) lançou, nesta terça-feira, 25, um alerta de "Perigo" para a queda de temperatura no Sul do país, fenômeno que ocorre com maior intensidade no Rio Grande do Sul. Alertas para tempestades também foram emitidos para Santa Catarina e Paraná, segundo o órgão. Uma área de baixa umidade segue atuante na porção central do país, entre o Centro-Oeste, Nordeste e Sudeste.

A queda de temperatura deve ser maior que 5°C e pode representar risco à sua saúde, segundo o Inmet. Entre o norte do estado e Santa Catarina, o declínio nos termômetros deve ser menor, com a queda prevista estando entre 3°C e 5°C.

Santa Catarina e Paraná devem sofrer com uma tempestade na região. Em uma faixa que vai do norte catarinense até Cascavel, as chuvas podem atingir até 100mm/dia, com ventos intensos entre 60km/h e 100km/dia, além da possibilidade de queda de granizo. Segundo o Inmet, há risco de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de árvores e de alagamentos. Veja abaixo a área onde a tempestade deverá ser mais forte.

Na região central do país, uma área de baixa umidade segue atuando, apesar de ter reduzido sua faixa de atuação em relação a última semana. Nove estados estão dentro do alerta amarelo, que indica "Perigo Potencial, do Inmet: Mato Grosso, Tocantins, Maranhão, Piauí, Bahia, Minas Gerais, Goiás e pequenas porções de São Paulo, Mato Grosso do Sul, além do Distrito Federal.

O aviso do Inmet para a baixa umidade tem validade entre 12h e 19h desta terça-feira. Segundo o órgão, a umidade relativa do ar deve variar entre 30% e 20%. Os riscos a incêndios florestais e à saúde são baixo.

Previsão do tempo

No Rio de Janeiro, nesta terça-feira, as temperaturas devem ficar entre 17°C e 28°C. De acordo com o Inmet, há possibilidade de chuvas isoladas durante a manhã. Na quarta-feira, o dia deverá ser de poucas nuvens, com a temperatura máxima com tendência de alta, podendo chegar a 38°C. Em São Paulo, chuvas isoladas podem ocorrer durante o dia e a tarde, nesta terça. Os termômetros devem marcar entre 15°C e 18°C. No dia seguinte, não há previsão de chuvas, e a temperatura pode atingir 22°C.

Em Curitiba, no Paraná, o dia e a noite deverão ser de pancadas de chuvas. Durante a parte da manhã, há a possibilidade de ocorrerem também trovoadas. Segundo a previsão do Inmet, as chuvas devem dar um trégua na quarta-feira, mas retornam já na quinta-feira. Nesta terça-feira, as temperaturas devem ficar entre 12°C e 16°C.

Em Florianópolis, o dia deverá começar com chuvas isoladas na manhã, que se intensificam ao longo da tarde e da noite, quando as pancadas passam a ocorrer acompanhadas de trovoadas. Na capital catarinense, de acordo com o Inmet, as chuvas devem durar até ao menos sexta-feira. Na capital gaúcha, Porto Alegre, chuvas isoladas devem acontecer nesta terça. Os termômetros devem marcar entre 11°C e 17°C, com tendência de baixa.

Acompanhe tudo sobre:ClimaBrasilRio Grande do SulSulSudesteRegião NordesteRegião NorteCentro-Oeste

Mais de Brasil

Estudo da Nasa aponta que Brasil pode ficar 'inabitável' em 50 anos; entenda

Temperatura acima de 30°C para 13 capitais e alerta de chuva para 4 estados; veja previsão

Discreta, Lu Alckmin descarta ser vice de Tabata: 'Nunca serei candidata'

Desconhecido, Novo PAC não decola e frustra expectativas de ganho político para o governo

Mais na Exame