Greve de agentes penitenciários de SP já dura 15 dias

Um reunião foi marcada para esta manhã

São Paulo - O sindicato dos Agentes Penitenciários do Estado de São Paulo (Sindasp-SP) marcou para a manhã desta segunda-feira, 24, às 10h, em São Paulo, uma reunião entre seus dirigentes e de outros dois sindicatos, o Sindicato dos Funcionários do Sistema Prisional do Estado de São Paulo (Sifuspesp) e o Sindicato dos Servidores Públicos do Sistema Penitenciário Paulista (Sindcop), com representantes do governo de São Paulo.

A reunião terá intermediação de um procurador do Ministério Público do Trabalho (MPT) da 2ª Região, de São Paulo.

O objetivo da reunião é abrir negociação entre a categoria dos agentes de segurança penitenciária e o governo do Estado, para que se possa chegar a um acordo nas reivindicações e buscar entendimento entre as partes.

A reunião foi um pedido das três instituições sindicais junto à Coordenadoria Nacional de Promoção da Liberdade Sindical (CONALIS/SP) do MPT da 2ª Região de São Paulo.

A greve dos agentes penitenciários já dura 15 dias.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.