Força Nacional ficará por mais 30 dias no Rio Grande do Norte

A tropa está atuando com a Polícia Militar no estado desde setembro de 2016

O Ministério da Justiça e Segurança Pública autorizou a permanência da Força Nacional por mais 30 dias no Rio Grande do Norte. A tropa está no estado desde setembro de 2016, atuando com a Polícia Militar em ações de policiamento ostensivo.

Segundo portaria publicada hoje (23), no Diário Oficial da União, o número de profissionais obedecerá ao planejamento definido pelas autoridades estaduais.

A presença da Força Nacional no estado foi solicitada pelo governador Robinson Faria, em agosto de 2016, e autorizada pelo ministério em setembro do mesmo ano. O pedido estadual foi motivado pelo agravamento da situação da segurança pública.

Em janeiro deste ano, em meio a uma crise no sistema penitenciário do estado, o governador Robinson Faria pediu aumento do efetivo da Força Nacional no estado.

No dia 14 de janeiro, a Penitenciária Estadual de Alcaçuz foi palco de uma rebelião, com detentos armados de paus, pedras e facas, além de bandeiras com as siglas de facções criminosas. Ao menos 26 presos foram assassinados brutalmente.

Nos dias que se seguiram, presos de facções rivais voltaram a se enfrentar e a situação só foi contida depois da construção de um muro de contêineres dentro do presídio. O governo do estado anunciou a intenção de fechar o presídio e transferir os detentos para outros estabelecimentos.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.