Brasil

Flávio Bolsonaro diz que pai, quando presidente, cogitou indicá-lo ao STF

Senador afirmou que foi sondado para vaga que terminou com André Mendonça

Senador Flávio Bolsonaro, filho do ex-presidente Jair Bolsonaro (Ueslei Marcelino/Reuters)

Senador Flávio Bolsonaro, filho do ex-presidente Jair Bolsonaro (Ueslei Marcelino/Reuters)

Agência o Globo
Agência o Globo

Agência de notícias

Publicado em 13 de dezembro de 2023 às 18h08.

Última atualização em 13 de dezembro de 2023 às 18h11.

O senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) revelou nesta quarta-feira que seu pai, o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), chegou a sondá-lo com uma indicação ao Supremo Tribunal Federal (STF), em 2021.

Flávio relatou, no entanto, que disse ao pai que deveria indicar André Mendonça, nomeado a uma cadeira no mesmo ano.

A declaração ocorreu durante a sabatina do ministro da Justiça Flávio Dino para o STF e do subprocurador da República Paulo Gonet para a Procuradoria-Geral da República (PGR). Nesta quarta-feira, os parlamentares enfrentam sabatina realizada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, e depois devem passar pelo escrutínio do plenário da Casa.

— Quero, para concluir, trazer a público. O então presidente Bolsonaro, quando da indicação do ministro André Mendonça, falou para mim: “Flávio, o que você acha de você ser o indicado para o Supremo Tribunal Federal?”. Já que se discutia que a indicação fosse de um evangélico. Eu falei: “Presidente, apesar de eu ser advogado, o que eu sou é político, o que eu gosto de fazer é política. Indique o nome do André Mendonça, que é preparado para essa missão e eu vou poder ajudar muito mais o senhor aqui no Senado”.

Flávio acrescentou considerar que "teria até alguma chance" se tivesse ajuda do presidente da CCJ, Davi Alcolumbre (União-AP).

— E eu acredito que, com ajuda do presidente Davi, eu teria até alguma chance de passar aqui no Senado Federal.

Em 2019, Bolsonaro chegou a anunciar que pretendia indicar outro de seus filhos, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP), para o cargo de embaixador nos Estados Unidos. Meses depois, no entanto, diante da resistência, ele desistiu da ideia.

Acompanhe tudo sobre:Jair BolsonaroSupremo Tribunal Federal (STF)Flávio DinoFlávio Bolsonaro

Mais de Brasil

Quero ser responsável pela vitória dele, diz Lula no lançamento da candidatura de Boulos em SP

Com esquerda em peso e até bolsonarista, PSD oficializa candidatura de Paes sem definir vice

Vamos colocar a periferia em primeiro lugar, diz Boulos ao oficializar candidatura ao lado de Lula

Fuad e Kassab apostam em discurso moderado e feitos da gestão para reeleição em prefeitura BH

Mais na Exame