Em SP, Avenida Berrini vai ganhar corredor de ônibus

Serão investidos cerca de R$ 40 milhões; previsão é que a obra seja entregue até o fim de 2012

São Paulo – A Secretaria Municipal dos Transportes (SMT) vai construir um corredor de ônibus na Avenida Engenheiro Luís Carlos Berrini, no Brooklin, zona sul de São Paulo. A faixa exclusiva para o transporte coletivo vai ser colocada ao lado do canteiro central ocupando uma das três faixas da via. A previsão é que a obra seja entregue até o fim de 2012.

O novo corredor vai ter três quilômetros de extensão. A faixa exclusiva terá início na Luís Carlos Berrini (no final da Rua Funchal) e seguirá até o cruzamento da Avenida Roque Petroni Júnior – vai passar por um trecho de poucos metros da Chucri Zaidan. Haverá uma conversão na altura da Roque Petroni para fazer a interligação com o corredor de ônibus intermunicipal Diadema-Brooklin.

Serão investidos cerca de R$ 40 milhões. A estimativa da Secretaria dos Transportes é que pelo menos 33 linhas de ônibus utilizem o futuro corredor – quantidade que percorre atualmente a Berrini – e cerca de 150 mil passageiros serão transportados por dia.

O objetivo da Secretaria dos Transportes é acabar com os “conflitos” e disputa de espaço entre automóveis e ônibus. Atualmente, os veículos de transporte coletivo enfrentam congestionamentos e perdem muito tempo por causa da entrada e saída de carros nas garagens dos edifícios da Berrini.

Mesmo com uma faixa de circulação a menos, a avaliação é que o trânsito ficaria mais organizado, melhorando a fluidez para os dois tipos de transporte. Os técnicos da São Paulo Transportes (SPTrans) ainda vão definir se haverá áreas de ultrapassagem. Uma das possibilidades é utilizar parte do canteiro central, que é largo. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.