Eduardo Bolsonaro busca apoio no Senado para embaixada nos EUA

A indicação à embaixada brasileira em Washington pode ser oficializada pelo presidente Jair Bolsonaro nesta semana

Brasília — O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) conversa com senadores, nesta quarta-feira, 7, buscando apoio para a indicação à embaixada brasileira em Washington, que pode ser oficializada pelo presidente Jair Bolsonaro nesta semana.

A indicação depende de aprovação do Senado. "Se eu for merecedor de ser embaixador do Brasil nos Estados Unidos, certamente é uma missão que eu vou assumir, mas depende dos senadores", disse o deputado antes de uma reunião com o presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado, Nelsinho Trad (PSD-MS).

O colegiado analisa a indicação e realiza uma sabatina com o escolhido antes da votação no plenário.

Eduardo Bolsonaro disse que os elogios do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, o ajudam na busca pela embaixada.

Para a indicação ser encaminhada pelo presidente Jair Bolsonaro, disse o parlamentar, os Estados Unidos precisam oficializar uma resposta. A declaração de Trump, no entanto, já pode ser entendida como uma aceitação ao chamado "pedido de agrément" do Itamaraty, afirmou.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.