Dilma propõe ao papa aliança na luta contra as desigualdades

O papa iniciou hoje uma visita de uma semana ao Brasil para participar da Jornada Mundial da Juventude

Rio de Janeiro - A presidente Dilma Rousseff propôs nesta segunda-feira ao papa Francisco uma aliança para combater as desigualdades e disseminar pelo mundo iniciativas de superação da pobreza que foram bem-sucedidas no Brasil.

"Um homem que vem do povo latino-americano, de nossa vizinha Argentina, acrescenta mais condições para criar uma aliança (entre o governo brasileiro e a Igreja Católica) de combate à pobreza e de disseminação de boas experiências", afirmou Dilma no discurso que pronunciou na cerimônia de recepção do pontífice.

O papa iniciou hoje uma visita de uma semana ao Brasil para participar da Jornada Mundial da Juventude.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.