Demanda por voos domésticos cresce 4,59% em novembro

Resultado representa o maior volume na demanda de passageiros para o mês nos últimos 10 anos

Brasília - A demanda de passageiros por voos domésticos cresceu 4,59 por cento em novembro de 2013, na comparação com o mesmo mês do ano passado, informou nesta segunda-feira a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), atingindo o maior volume para o mês nos últimos 10 anos.

Já a oferta de assentos nas aeronaves cresceu 0,60 por cento ante o mesmo mês em 2012, também segundo a Anac.

No acumulado de janeiro a novembro deste ano, a demanda doméstica cresceu 0,75 por cento, enquanto a oferta recuou 3,66 por cento no mesmo período.

A TAM manteve-se na liderança do mercado doméstico, com 38,81 por cento de participação em novembro, seguida da Gol, com 36,4 por cento.

A Anac ressalta, entretanto, o aumento da participação das empresas que estão em terceiro e quarto lugar. Segundo a Agência, a fatia da Azul passou dos 9,92 por cento de novembro de 2012 para 12,94 por cento em novembro deste ano. No caso da Avianca, o aumento de participação no mercado foi de 6,40 para 7,71 por cento.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.