Dados da economia freiam perda de popularidade de Bolsonaro, diz Datafolha

Na última semana, o IBGE divulgou que o Produto Interno Bruto do Brasil acelerou ligeiramente o avanço e registrou 0,6% de crescimento no 3º trimestre

Brasília – A ligeira expansão da economia freou a tendência de queda de popularidade do governo de Jair Bolsonaro ao longo de 2019, apontou pesquisa divulgada pelo Datafolha neste fim de semana.

O levantamento indicou que a aprovação do governo oscilou dentro da margem de erro de 2 pontos percentuais, mas as variações foram favoráveis ao governo.

Os que classificam a administração como “ótima” ou “boa” passaram de 29%, em agosto, para 30% em dezembro.

A desaprovação ao governo também oscilou dentro da margem de erro. Os que consideram o governo “ruim” ou “péssimo” passam agora a 36%, ante 38%, na pesquisa anterior.

A avaliação regular foi de 30% a 32%.

Ainda segundo a pesquisa, houve melhora no otimismo em relação à atividade econômica. Dentre os entrevistados, 43% consideram que a economia vai melhorar nos próximos meses, ante 40% em agosto.

Na última semana, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou que o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil acelerou ligeiramente a expansão no terceiro trimestre em relação aos três meses anteriores, em um resultado acima do esperado.

No período entre agosto e outubro, o PIB cresceu 0,6% na comparação com o segundo trimestre, de acordo com os dados do IBGE.

A pesquisa mostrou também que 43% nunca confiam no que o presidente diz, enquanto 37% dizem confiar às vezes e 19% afirmam que sempre confiam nas declarações de Bolsonaro.

O Datafolha entrevistou 2.948 pessoas em 176 municípios do país na quinta e na sexta-feira.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.