Consumo desequilibrou abastecimento, diz diretor da Sabesp

"As pessoas que moram nas zonas baixas aumentaram o consumo e isso dificultou a chegada nas zonas mais altas", disse o diretor metropolitanada Sabesp

São Paulo - O diretor metropolitano da Sabesp, Paulo Massato, afirmou nesta quarta-feira, 14, que o aumento do consumo com o calor provocou desequilíbrios nos setores de abastecimento da região metropolitana da São Paulo e explicou que a redução de pressão nas tubulações de água varia de acordo com a região.

"As pessoas que moram nas zonas baixas aumentaram o consumo e isso dificultou a chegada nas zonas mais altas", disse, ressaltando, porém, que, mesmo com altas temperaturas, a população está colaborando.

Massato explicou que, em áreas mais residenciais, a Sabesp tem uma folga maior para reduzir a pressão durante a noite, ao contrário de regiões mais comerciais.

"Onde há atividades comerciais e grande concentração de hospitais, temos que tomar mais cuidado. Não é rodízio com hora para abrir e fechar", disse, em encontro com jornalistas junto do presidente da Sabesp, Jerson Kelman.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.