Com Bolsonaro eleito, precisaremos de defensores da democracia, diz FHC

Para ex-presidente, país precisará ainda mais de defensores da democracia para evitar que o presidente eleito tente sair do "rumo constitucional"
 (Nacho Doce/Reuters)
(Nacho Doce/Reuters)
E
Estadão ConteúdoPublicado em 20/10/2018 às 11:38.

São Paulo - Sem dar apoio explícito a nenhum dos candidatos à Presidência da República no segundo turno, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso citou uma "provável eleição" de Jair Bolsonaro (PSL) e afirmou que o país precisará ainda mais de defensores da democracia para evitar que o presidente eleito tente sair do "rumo constitucional".

"Há em circulação um manifesto de democratas progressistas. Bem-vindo. Com a provável eleição de Bolsonaro, precisaremos mais ainda de defensores da democracia, para impedir que ele (ou quem vier a vencer) tente sair do rumo constitucional", escreveu o tucano em sua conta oficial no Twitter.