Com 10 minutos para cada candidato, horário eleitoral retorna nesta sexta

Com o adiamento das eleições por causa da pandemia, período de propaganda eleitoral na TV será mais curto. Transmissões terão apenas oito dias

O horário eleitoral gratuito volta ao rádio e à TV a partir desta sexta-feira (20). Com um segundo turno mais curto que o habitual devido à pandemia do coronavírus (que forçou a alteração de datas do calendário eleitoral), as propagandas das campanhas irão ao ar por um período menor: apenas até o dia 27 de novembro. O segundo turno acontece no domingo, 29.

Os 20 minutos de duranção agora serão divididos igualmente entre os dois candidatos na disputa. No rádio, as transmissões acontecem às 7h e às 12h, e na TV, às 13h e às 20h30. Outros 70 minutos são reservados na grade das emissoras todos os dias para veiculação de propagandas de 30 e 60 segundos. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral, 95 municípios brasileiros terão segundo turno neste ano – 40 a menos que nas últimas eleições municipais em 2016.

São Paulo

Na capital paulista, o horário eleitoral do segundo turno dará tempo de TV inédito para o PSOL de Guilherme Boulos (PSOL), que no primeiro turno tinha apenas 17 segundos de horário eleitoral gratuito. O candidato deve utilizar o tempo extra para, entre outras mensagens, reforçar a ligação entre seu oponente, Bruno Covas (PSDB), e seus apoiadores, o governador João Doria e Celso Russomanno (Republicanos) – que têm alta rejeição na capital paulista.

Covas, por sua vez, vem negando um suposto constrangimento pelos apoios que tem recebido no segundo turno. Entretanto, quando questionado sobre uma possível aparição de Doria e Russomano em seu horário eleitoral, o atual prefeito tergiversou. “Não sei ainda. A população quer comparar a historia de cada um. Vamos ver se vai dar tempo de mostrar todos os apoiadores.”, disse ele.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.