Cabral decreta luto de sete dias no Rio de Janeiro

O governador afirmou em conversa com jornalistas que professores funcionários e os 400 alunos da instituição estão recebendo assistência psicológica

Rio de Janeiro - O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, decretou hoje luto de sete dias no Estado. A medida foi anunciada após Cabral comparecer à Escola Municipal Tasso Silveira onde, na manhã de hoje, um ex-aluno atirou contra crianças e professores. Ao todo, 11 estudantes morreram e 13 ficaram feridos.

O governador afirmou em conversa com jornalistas que professores funcionários e os 400 alunos da instituição estão recebendo assistência psicológica. A Polícia Civil, através da Divisão de Homicídios, investiga os motivos que levaram o rapaz a cometer os crimes.

Na manhã de hoje, a presidente Dilma Rousseff (PT) decretou luto oficial de três dias pela tragédia. O episódio emocionou a presidente, que um pouco mais cedo encerrou uma cerimônia no Palácio do Planalto pedindo um minuto de silêncio em respeito às vítimas.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.