Brasil

BNDES e prefeitura do Rio vão investir R$ 3 bilhões em obras

A verba será usada na construção do corredor exclusivo de ônibus (BRT) Transolímpica, na ligação entre os BRTs Transolímpica e Transbrasil


	Sede do BNDES: o contrato vai ser assinado hoje (1º) entre a presidenta Dilma Rousseff e o prefeito Eduardo Paes
 (Divulgação/BNDES)

Sede do BNDES: o contrato vai ser assinado hoje (1º) entre a presidenta Dilma Rousseff e o prefeito Eduardo Paes (Divulgação/BNDES)

DR

Da Redação

Publicado em 1 de junho de 2014 às 10h58.

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) liberará R$ 2,7 bilhões para financiar obras de infraestrutura na cidade do Rio de Janeiro, que serão realizadas até os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016.

A verba será usada na construção do corredor exclusivo de ônibus (BRT) Transolímpica, na ligação entre os BRTs Transolímpica e Transbrasil e na duplicação do Elevado do Joá, que liga a zona sul à Barra da Tijuca.

O contrato vai ser assinado hoje (1º) entre a presidenta Dilma Rousseff e o prefeito Eduardo Paes, durante inauguração do BRT Transcarioca, que liga o Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro – Antonio Carlos Jobim/Galeão à Barra da Tijuca.

Também serão financiadas com esse dinheiro a construção de uma ciclovia na Avenida Niemeyer, o Túnel da Via Expressa (que liga a Avenida Rodrigues Alves à Praça XV) e a urbanização do entorno do Parque Olímpico da Barra e do Estádio Olímpico João Havelange, na zona norte da cidade. A prefeitura investirá, como contrapartida, R$ 301,7 milhões.

O BRT Transcarioca, inaugurado hoje, começará a funcionar em etapas. A partir de amanhã (2), os cariocas poderão usar o trecho entre o Bairro do Tanque, na zona oeste, e o Terminal Rodoviário Alvorada, na Barra da Tijuca.

A partir de quarta-feira (4), será aberto o trecho até o aeroporto, com apenas algumas estações abertas. Gradualmente, outras estações serão abertas. No total, são 47 estações, que se distribuem por 39 quilômetros.

Acompanhe tudo sobre:BNDEScidades-brasileirasMetrópoles globaisObras públicasRio de Janeiro

Mais de Brasil

Novo oficializa candidatura de Marina Helena à prefeitura de SP com coronel da PM como vice

Estudo da Nasa aponta que Brasil pode ficar 'inabitável' em 50 anos; entenda

Temperatura acima de 30°C para 13 capitais e alerta de chuva para 4 estados; veja previsão

Discreta, Lu Alckmin descarta ser vice de Tabata: 'Nunca serei candidata'

Mais na Exame