Brasil

As 10 cidades brasileiras com melhor qualidade de vida

O resultado mostrou que oito das dez melhores cidades para viver no Brasil estão no estado de São Paulo, concentradas no interior

Goiânia: cidade esta entre as melhores para se viver (StockLapse/Getty Images)

Goiânia: cidade esta entre as melhores para se viver (StockLapse/Getty Images)

André Martins
André Martins

Repórter de Brasil e Economia

Publicado em 5 de julho de 2024 às 17h50.

Última atualização em 12 de julho de 2024 às 15h50.

O Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), em parceria com Fundación Avina, Amazônia 2030, Anattá Pesquisa e Desenvolvimento, Centro de Empreendedorismo da Amazônia e Social Progress Imperative, divulgou nesta semana o primeiro relatório do Índice de Progresso Social do Brasil (IPS Brasil), que mede a qualidade de vida nos 5,57 mil municípios brasileiros, nas 26 unidades federativas e o Distrito Federal. 

O resultado mostrou que oito das dez melhores cidades para viver no Brasil estão em São Paulo, concentradas no interior do estado. Entre as 20 piores estão cidades na Amazônia. A melhor cidade do ranking foi Gavião Peixoto, com população de menos de 5 mil pessoas. No pódio, também estão Brasília, no Distrito Federal, e São Carlos, em São Paulo. A pior nota foi Uiramatã, no extremo norte de Roraima. 

O IPS Brasil utilizou 52 indicadores de órgãos oficiais e de institutos de pesquisa, como o DataSUS, Conselho Nacional de Justiça, Mapbiomas, Anatel e CadÚnico, para definir três dimensões principais: Necessidades Humanas Básicas; Fundamentos para o Bem-estar; e Oportunidades. Os itens têm quatro componentes e formam uma média final.

De acordo com o tipo de dado, os indicadores podem ter peso diferentes entre eles. A metodologia pode ser vista aqui.

RankingMunicípioUFIPS Brasil
1Gavião PeixotoSP74,49
2BrasíliaDF71,25
3São CarlosSP70,96
4GoiâniaGO70,49
5NuporangaSP70,47
6IndaiatubaSP70,47
7Gabriel MonteiroSP70,42
8Águas de São PedroSP70,37
9JaguariúnaSP70,29
10AraraquaraSP70,22

O índice global é publicado anualmente desde 201, em 170 países. Além do IPS Global, diversas iniciativas subnacionais foram implementadas em países como México, Índia, Estados Unidos, Reino Unido e União Europeia.

O lançamento do IPS Brasil representa um marco para o desenvolvimento social e ambiental do país. O Brasil, com sua imensa diversidade e dimensão continental, é o quinto maior país do mundo. Segundo o Censo Demográfico 2022 do IBGE, a população brasileira soma atualmente 203 milhões de habitantes, dos quais 57% residem em apenas 319 municípios.

A partir de 2024, o IPS Brasil será atualizado anualmente, permitindo a comparação do desempenho socioambiental dos municípios ao longo do tempo. Esta atualização frequente é crucial para captar mudanças e tendências, contribuindo para a melhoria da gestão pública e o aperfeiçoamento contínuo das políticas públicas.

Acompanhe tudo sobre:qualidade-de-vidaRankings

Mais de Brasil

Em SC, chuvas elevam rio que corta Blumenau em 6 metros e município entra em estado de alerta

Governo federal vai transferir recursos para reforma de escolas no RS

Após receber novas doses, SP vai retomar a vacinação contra dengue neste sábado

Boulos quer câmeras corporais em agentes da Guarda Civil Metropolitana de São Paulo

Mais na Exame