Alesp aprova redução de 30% nos salários dos deputados

Verbas de gabinete terão corte de 40%; Servidores que ganham até 6.100 reais serão poupados de cortes

Sessão virtual da Alesp: doação de R$ 320 milhões ao estado de São Paulo para combate ao coronavírus

Sessão virtual da Alesp: doação de R$ 320 milhões ao estado de São Paulo para combate ao coronavírus (Alesp/Divulgação)

A Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) aprovou na noite desta quinta-feira, 30, o projeto de resolução que destina R$ 320 milhões em economias da Casa ao combate do novo coronavírus.

Os recursos serão provenientes de cortes nos salários de deputados, assessores e funcionários da Alesp, além de renegociações de contratos e dos fundos da própria Assembleia. De acordo com a proposta aprovada, os subsídios dos parlamentares serão reduzidos em 30%. As verbas de gabinete terão corte de 40%. Servidores que ganham até o teto do INSS (R$ 6.100) serão poupados de reduções.

Segundo o presidente da Alesp, Cauê Macris (PSDB), o valor representa 25% do Orçamento do Poder Legislativo para 2020. Segundo Macris: "temos responsabilidade com a população de São Paulo e demos nossa contribuição para o combate ao covid-19", disse.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também